MIRANDA DO CORVO

ADFP incentiva empreendedorismo feminino

A Associação para o Desenvolvimento e Formação Profissional de Miranda do Corvo (ADFP) encontra-se a promover oo Projecto “Redes de Troca…”, totalmente inovador na região e que tem por base o incentivo ao empreendedorismo das mulheres, promovendo a igualdade de oportunidades entre os sexos.

Dirige-se a mulheres com ambição de criar o seu próprio negócio, dando liberdade ao seu espírito empreendedor, utilizando para isso as novas tecnologias da informação. Neste momento funciona já o “Olho Vivo”, um intercâmbio de informações por via de e-mails entre o corpo técnico do projecto e as formandas, estimulando o apetite pelo culto do conhecimento técnico e promovendo um espírito de solidariedade entre os participantes.

Seguem-se reuniões conjuntas entre formandos, consultores ou até mesmo instituições; seminários, para a discussão temática e visitas de estudo a empresas das áreas em questão ou até mesmo a Instituições de apoio ao mesmo tipo de iniciativas.

Este grupo já se deslocou às Astúrias numa visita de estudo, em que confraternizaram com a coordenadora do projecto Equal – La igualdad crea empleo, a Dr.ª Josefina Escobar, do Instituto Asturiano da Mulher, e trocaram experiências com outras mulheres do projecto do país vizinho.

Nesta apresentação houve espaço para o testemunho de formandas, que procuram neste projecto a melhoria do seu estatuto na sociedade, trabalhando para um lugar de destaque no meio empresarial. Também se ouviu a voz dos consultores, num papel mediador entre a formação, o mundo dos negócios, e a sociedade.

Lançada em Setembro de 2004, esta iniciativa, que conta com o apoio da ADFP, tem a coordenação do Grupo de Amigos do Rio Ceira e Miranda do Corvo, e o acompanhamento do SEIES – Sociedade de Estudo e Intervenção em Engenharia Social, terminando a sua vigência no fim de 2006.

 

Data de introdução: 2005-05-17



















editorial

IMPORTÂNCIA ECONÓMICA E SOCIAL DAS IPSS

Para uma quantificação atualizada da importância social e económica das Instituições Particulares de Solidariedade Social em Portugal a CNIS assegurou o cofinanciamento do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE),...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A sustentabilidade da Segurança Social
Quando se tenta perspetivar o que pode acontecer no futuro aos sistemas de segurança social há variáveis que são mais fáceis de prever, mas também existem outras...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

Só quando for um desígnio nacional será erradicada a pobreza
Nas últimas semanas, a pobreza em Portugal voltou a ser tema de abertura em todos os medias. Esta atenção especial deveu-se a informações preocupantes emanadas de fontes...