DE ALMA E CORAçãO: OBRIGADO!

5.680 entidades.
340 mil Trabalhadores. 800 mil Utentes, dos quais 300 mil são Idosos.
É este o Sector Social Solidário em Portugal. É esta a realidade das IPSS em Portugal:
Cuidar dos outros TODOS os dias;
Sete dias da semana;
24 horas por dia;
Feriados, fins-de-semana, épocas especiais;
Crianças sem retaguarda familiar, jovens em situação de risco, pessoas portadoras de deficiência, pessoas com doença mental, vítimas de violência doméstica, refugiados, doentes sem idade e pessoas idosas…A todos as Instituições cuidam e dão VOZ

OS TRABALHADORES DESTAS INSTITUIÇÕES MERECEM TODA A NOSSA GRATIDÃO
 
O presidente da CNIS
 
LINO MAIA



editorial

Novos passos na Cooperação

Com a assunção por parte do Estado das comparticipações familiares das crianças do 1º e 2º escalão, já cerca de 50.000 crianças tinham Creche gratuita. Entretanto, a Lei nº 2/2022, de 3 de janeiro, determina...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

Trabalho digno
O governo apresentou no Parlamento um diploma que define um conjunto de novas regras para regular o mercado de trabalho e intitulou esse conjunto como a Agenda para o Trabalho Digno.

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

A Política Melhor (IV)
Continuando na senda das reflexões anteriores, conheçamos, agora, o que pensa o Papa Francisco, na sua Carta Encíclica Fratelli Tutti, sobre a importância da política...