DE ALMA E CORAçãO: OBRIGADO!

5.680 entidades.
340 mil Trabalhadores. 800 mil Utentes, dos quais 300 mil são Idosos.
É este o Sector Social Solidário em Portugal. É esta a realidade das IPSS em Portugal:
Cuidar dos outros TODOS os dias;
Sete dias da semana;
24 horas por dia;
Feriados, fins-de-semana, épocas especiais;
Crianças sem retaguarda familiar, jovens em situação de risco, pessoas portadoras de deficiência, pessoas com doença mental, vítimas de violência doméstica, refugiados, doentes sem idade e pessoas idosas…A todos as Instituições cuidam e dão VOZ

OS TRABALHADORES DESTAS INSTITUIÇÕES MERECEM TODA A NOSSA GRATIDÃO
 
O presidente da CNIS
 
LINO MAIA



editorial

As amas em Creche Familiar

Publica-se neste número do “Solidariedade” o texto do acordo com a FSUGT, na parte que contempla também os novos valores de remunerações acordado para vigorar a partir de 1 de janeiro de 2024.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

A propósito do contributo da CNIS para as próximas eleições
É já tradição que as organizações de diferentes âmbitos, aproveitem os atos eleitorais para fazerem valer as suas reivindicações mais...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Cuidar da democracia
Neste ano vamos a eleições pelo menos duas vezes (três para os açorianos), somos chamados a renovar o nosso laço político com a comunidade, escolhendo...