SINTRA

IPPS vai gerir Centro Dia e apoio domiciliário para 75 idosos que abre sábado em Mira Sintra

Um centro de dia com serviço de apoio domiciliário para servir 75 idosos é inaugurado sábado, em Mira Sintra, anunciou a Câmara Municipal de Sintra, que vai entregar a gestão do equipamento a uma associação local.

O centro vai fornecer refeições, transporte e cuidados de higiene pessoal bem como actividades nas áreas do ensino recorrente, grupo coral, ginástica e artes decorativas a 45 idosos, informou em comunicado a câmara de Sintra.

O equipamento tem 3.200 metros quadrados e 513 de espaços exteriores, e prestará também apoio domiciliário a 30 idosos. O apoio domiciliário inclui alimentação, tratamento de roupas, higiene habitacional e pessoal e acompanhamento do idoso ao exterior, por exemplo, a consultas médicas.

A Câmara de Sintra vai ceder a gestão do centro à Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Mira Sintra (Arpims), uma Instituição Particular de Solidariedade Social que presta apoio aos idosos e reformados da freguesia e do concelho.

O equipamento é inaugurado pelo presidente da Câmara de Sintra, Fernando Seara, dois anos após o início das obras de construção.

07.06.2006

 

Data de introdução: 2006-06-07



















editorial

O TRIÂNGULO DA COOPERAÇÃO

A consciência social, aliada ao dever ético da solidariedade, representa uma instância suprema de cidadania, um compromisso inalienável para com os mais vulneráveis e em situação de marginalidade, exclusão e pobreza.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

A Política Melhor (II)
Na continuação dos assuntos abordados no meu texto anterior, reitero que vale a pena, aos dirigentes das IPSS, independentemente das suas convicções ideológicas ou...

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A guerra na Ucrânia e as consequências para a Europa
A guerra na Ucrânia é, sem dúvida, o maior desafio que se coloca à União Europeia desde a sua fundação. É a primeira vez, desde a última grande...