ALZHEIMER

Centro de "excelência" projectado para o Alentejo

A Misericórdia de Arronches (Portalegre) projecta construir o primeiro "centro de excelência" no Alentejo para portadores da doença de Alzheimer, com capacidade para receber 30 utentes, disse a provedora da instituição. Deolinda Pinto, provedora da Santa Casa da Misericórdia de Arronches (SCMA), explicou que a construção de um "centro de excelência" para acolher doentes de Alzheimer "é um projecto que está, agora, a dar os primeiros passos". "O projecto está numa fase de discussão com a Administração Regional de Saúde do Alentejo", sublinhou. A construção da unidade, pioneira no Alentejo, pretende dar resposta aos portadores desta doença na região e também no país.

A provedora da Misericórdia defendeu a necessidade de encontrar parceiros, como os órgãos gestores da área da saúde na região e a autarquia local, para a concretização do projecto. Na perspectiva de Deolinda Pinto, a tranquilidade e a localização da vila alentejana de Arronches, entre Elvas e Portalegre, cidades que possuem hospitais, apresenta-se como "uma mais valia" para a iniciativa.

O anteprojecto prevê um edifício triangular, com salas específicas para tratamentos, um jardim interior, quartos individuais com varanda e jardim, sala de pintura, ginástica e ainda uma sala polivalente. Outro dos aspectos que o interior do espaço apresenta passa pela sua abertura ao exterior, oferecendo uma vista geral de todos os compartimentos do edifício. "Nós queremos crescer e queremos fazer mais. É para isso que trabalhamos diariamente", sublinhou Deolinda Pinto.

A SCMA já possui várias valências, entre elas uma Unidade de Média Duração e Reabilitação com capacidade para 23 utentes, serviço que projecta reforçar com uma unidade de cuidados continuados de longa duração.

A construção do "centro de excelência" para doentes de Alzheimer surgirá num espaço contíguo à Unidade de Média Duração e Reabilitação.

21.08.2008

 

Data de introdução: 2008-02-22



















editorial

O COMPROMISSO DE COOPERAÇÃO: SAÚDE

De acordo com o previsto no Compromisso de Cooperação para o Setor Social e Solidário, o Ministério da Saúde “garante que os profissionais de saúde dos agrupamentos de centros de saúde asseguram a...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Imigração e desenvolvimento
As migrações não são um fenómeno novo na história global, assim como na do nosso país, desde os seus primórdios. Nem sequer se trata de uma realidade...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Portugal está sem Estratégia para a Integração da Comunidade Cigana
No mês de junho Portugal foi visitado por uma delegação da Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância do Conselho da Europa, que se debruçou, sobre a...