CARTA ÀS INSTITUIÇÕES - MARÇO 2011

SENHOR (ª) PRESIDENTE

Nem sempre os sinais de Primavera se fazem acompanhar por sopros de esperança.

Determinados em apontar rumos e sempre crentes na causa que abraçaram, os dirigentes voluntários prosseguem no seu empenhamento diariamente reforçado minorando as dificuldades de muitos ao mesmo tempo em que dão razões de esperança a muitos outros.

1. ASSEMBEIAS GERAIS

Com início às 9:45 horas do dia 26 de Março, decorrerá em Fátima a assembleia-geral ordinária da CNIS, cuja Convocatória e Ordem de trabalhos segue juntamente com esta Carta.
Seguem também: o Relatório de Actividades de 2010 da Direcção e as “Peças Finais de Apresentação de Contas”.
No mesmo dia 26 de Março, mas às 11:15 horas, decorrerá uma assembleia-geral extraordinária para apreciação de uma proposta de Regulamento Eleitoral apresentada pela Direcção. O respectivo documento segue também com esta Carta.
As assembleias-gerais são momentos altos das Instituições. É de todo conveniente que compareça e que tudo faça para que também as assembleias-gerais da sua Instituição e da sua União Distrital ou Regional sejam muito concorridas. A participação nas assembleias-gerais favorece o envolvimento dos associados na vida das Instituições e pode contribuir para uma maior sensibilização de voluntários.

2. ENCONTROS REGIONAIS COM DIRIGENTES DE IPSS

No sentido de favorecer o conhecimento mútuo e de possibilitar a todos os Dirigentes oportunidades de se fazerem ouvir e de partilharem dúvidas, experiências e respostas, a CNIS agendou para 2011 encontros por região. Em todos os encontros os dirigentes terão tempo suficiente para se fazerem ouvir e também serão abordados temas de actualidade e de futuro para as Instituições, nomeadamente Rede Social (participação actual e fundamentos para a participação das IPSS), Cooperação (Protocolo de 2010 e preparação do Protocolo de 2011) e Código Contributivo (aplicação nas IPSS).
O 3º encontro será já no dia 19 de Março, Sábado, com início às 10:00 horas nas instalações do Centro Sócio-Pastoral da Diocese de Viseu (Rua do Seminário). Para esse encontro, cujo encerramento está previsto para as 16:30 horas, estão convidados todos os dirigentes das IPSS dos distritos de Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu, podendo participar dirigentes de outros distritos.

3. RECORDANDO
MAPA DE FÉRIAS:

A elaboração do mapa de férias com a indicação do início e termo dos períodos de férias de cada trabalhador deve ser feita até ao dia 15 de Abril e afixada nos locais de trabalho entre esta data e 31 de Outubro.

4. RELATÓRIO ÚNICO
PREENCHIMENTO E ENTREGA OBRIGATÓRIOS ATÉ 15 DE ABRIL

A regulamentação do Código do Trabalho criou uma obrigação única aos empregadores, de prestarem informação sobre sua a actividade social, com conteúdo e prazo de apresentação estipulados na Portaria n.º 55/2010 de 21 de Janeiro. Deste modo, em 2011, a entrega do Relatório Único referente ao ano de 2010 decorre entre 16 de Março e 15 de Abril.
O Relatório Único deve ser entregue por meio informático, sendo para isso necessário à Entidade Empregadora proceder à sua autenticação no site do Gabinete de Estratégia e Planeamento (http://www.gep.mtss.gov.pt/), acedendo aos respectivos formulários e efectuando a sua validação e Entrega. No site encontra também informação pormenorizada sobre o modo de entrega do Relatório Único, bem como as respectivas instruções de preenchimento.
Para a autenticação, é necessário dispor de nome de utilizador e da respectiva palavra-passe. Se já preencheu o relatório único no ano de 2010, os códigos de acesso são os mesmos. Se ainda não possui estas informações, pode aceder ao site oficial do Relatório Único e solicitá-las no separador “obter dados de acesso”.



Com os cumprimentos de respeito e consideração,


Porto, 10 de Março de 2011


O presidente da CNIS

 

Data de introdução: 2011-03-10



















editorial

IMPORTÂNCIA ECONÓMICA E SOCIAL DAS IPSS

Para uma quantificação atualizada da importância social e económica das Instituições Particulares de Solidariedade Social em Portugal a CNIS assegurou o cofinanciamento do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE),...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A sustentabilidade da Segurança Social
Quando se tenta perspetivar o que pode acontecer no futuro aos sistemas de segurança social há variáveis que são mais fáceis de prever, mas também existem outras...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

Só quando for um desígnio nacional será erradicada a pobreza
Nas últimas semanas, a pobreza em Portugal voltou a ser tema de abertura em todos os medias. Esta atenção especial deveu-se a informações preocupantes emanadas de fontes...