SETÚBAL

Ministro da Solidariedade inaugurou novas instalações do Centro Jovem Tabor

O ministro da Solidariedade e da Segurança Social, Pedro Mota Soares, inaugurou as novas instalações do Centro Jovem Tabor, uma instituição de solidariedade social de Setúbal, que acolhe 24 jovens com comportamentos de risco. "É um espaço muito importante, uma obra notável que se dedica a dar uma segunda oportunidade a quem, muitas vezes, não teve uma primeira oportunidade. E nesse sentido, estar aqui a conhecer esta obra, perceber que este é um centro de excelência, é para nós muito importante", disse Pedro Mota Soares.

O ministro salientou o esforço da direcção do centro jovem Tabor na requalificação de todas as infraestruturas, um investimento global de 256 mil euros, comparticipado em 53 por cento pelo programa MASES (Medida de Apoio à Segurança de Equipamentos Sociais).
"É nas alturas de dificuldades que temos de ter a capacidade de promover os exemplos de excelência que vamos tendo. O Centro Tabor é um desses exemplos, um exemplo de uma instituição que tem um conjunto de capacidades e de instalações que podem ser maximizadas para a totalidade da comunidade, designadamente para outras instituições", disse. "Nas instalações que hoje temos, podemos fazer mais, podemos dar ainda mais resposta social. Não temos de estar sistematicamente a construir equipamentos sociais quando muitas vezes não damos uma utilização total aos equipamentos que temos", acrescentou o governante.

O presidente da direcção do Centro Jovem Tabor, Paulo Lourenço, lembrou que o projecto de requalificação, desde as infraestruturas de saneamento básico à instalação de novos equipamentos (loiças, mobiliário, portões, painéis solares, etc.) para a melhoria do conforto e da segurança das instalações, teve início em 2008 e contou com o apoio do Estado e de diversos mecenas.
Na cerimónia de inauguração, em que também participaram o Bispo de Setúbal, D. Gilberto Canavarro dos Reis e a presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira, o presidente do Centro Jovem Tabor salientou a especificidade do grupo de jovens que é acompanhado na instituição, na zona das Padeiras, a poucos quilómetros da cidade de Setúbal. "Trabalhamos com um grupo muito específico - que é chamado grupo de risco de jovens que têm um conjunto de problemáticas associadas a comportamentos antissociais, trabalhamos com pessoas que estão no final da linha - jovens delinquentes, e que chegam à instituição não só com processos de promoção e protecção, mas também com processos tutelares educativos, o que nos obriga a ter uma intervenção muito especializada", disse.

Segundo Paulo Lourenço, o Centro Jovem Tabor acolhe actualmente 24 jovens - 14 rapazes e 10 raparigas -, de idades entre os 12 e os 18 anos e com baixos índices de escolaridade (1º ou 2º ciclo completo), todos oriundos do distrito de Setúbal e alguns provenientes de famílias desfavorecidas.
Independentemente das razões que os levaram ao Centro Jovem Tabor, todos os jovens que ali se encontram necessitam de ajuda especializada, tendo a vista a promoção de um projecto de vida de forma a conseguirem inserir-se na comunidade, seja através do regresso à família ou porque conseguiram tornar-se autónomos.

 

Data de introdução: 2011-12-11



















editorial

SUSTENTABILIDADE

Quando o XXIV Governo Constitucional dá os primeiros passos, o Sector Social Solidário, que coopera com o Estado, deve retomar alguns dossiers. Um deles e que, certamente, se destaca, é o das condições de sustentabilidade que constituem o...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Agenda 2030 e as IPSS
Em Portugal é incomensurável a ação que as cerca de 5 mil Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) existentes, têm vindo a realizar.  As...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

A gratuitidade das creches entre o reforço do setor social e a privatização liberal
 A gratuitidade das creches do sistema de cooperação e das amas do Instituto de Segurança Social, assumida pela Lei Nº 2/2022, de 3 de janeiro, abriu um capítulo novo...