CHAMA DA SOLIDARIEDADE

Saiba por onde vai passar o cortejo solidário

CHAMA DA SOLIDARIEDADE – PERCURSO

 

01 de Junho – Bragança

16h00: Receção da Chama no Parque Eixo Atlântico e início do desfile.

                Percurso: Parque Eixo Atlântico, Avenida Abade de Baçal, Avenida Sá Carneiro, Rua 5 de Outubro, Rua Alexandre Herculano, Praça da Sé, Rua Almirante Reis, Avenida João da Cruz e Praça Cavaleiro Ferreira.

 

17h30: Início do espetáculo musical

19h00: Fim da tarde recreativa

21h00: Espetáculo musical pelo Orfeão Universitário do Porto

 

02 de Junho – Vila Real

10h30 – Receção da Chama – Concelho de Valpaços (Lilela – Rio Torto) EN213 (Animação em Vilarandelo – EN213)

 

14h30 – Chegada da Chama à cidade de Chaves – Animação em Chaves (EN2)

 

17h30 – Chegada da Chama à cidade de Vila Real (Animação em Vila Real)

 

03 de Junho

09h00 – Partida da Chama da cidade de Vila Real em direção a Celorico de Basto (Distrito de Braga)

Flores – Fraga da Almotolia – Borbela – Lama de Olo – Bilhó – Vilar de Ferreiros – Mondim de Basto – Molares – Celorico de Basto

 

09h45 – Chegada da Chama da Solidariedade à Vila de Celorico de Basto (passagem da Chama à UDIPSS de Braga)

 

10h00 – Mondim

11h00 – Cabeceiras de Basto (paragem com almoço no Centro Social de Cabeceiras de Basto)

Fafe

17h00 – Guimarães (paragem com jantar e dormida na Venerável Ordem Terceira de S. Francisco)

 

04 de Junho

08h00 – Saída de Guimarães

Póvoa de Lanhoso

10h00 – Vila Verde

12h00 – Barroselas

 

13h30 – Saída de Barroselas (pela EN-308)

                Passagem por Vila de Punhe

                Passagem por Vila Fria até ao entroncamento com EN-13

                Segue em direção a Darque até à rotunda (EN-203 em direção a Viana do Castelo e Valença – nessa rotunda há divisão da comitiva)

1ª Comitiva: com a chama segue em direção ao Cabedelo – Darque na EN-13 onde a chama irá atravessar o rio Lima de Barco.

 

2ª Comitiva: segue na rotunda pela EN-203 em direção a Viana do Castelo atravessando a Ponte Nova (IC1(A28)

 

                - Saída da ponte em direção a Viana do Castelo pela marginal do parque da cidade em direção à rotunda do McDonald’s.

                - Segue pela EN-202 (estrada da Papanata) em direção a Viana, segue para a rua Tenente Coronel Afonso do Paço, depois praça da Galiza saindo para o jardim da Marina (Alameda 5 de Outubro).

                - Ponto de encontro final – Praça da Liberdade pelas 15h30.

                - Seguem os dois grupos pela avenida dos Combatentes (a pé) até à praça da República, depois passeio das mordomas da romaria (paragem na Câmara Municipal), finalizando na Congregação Nossa Senhora da Caridade onde ficará a Chama.

 

Data de introdução: 2014-05-29



















editorial

O TRIÂNGULO DA COOPERAÇÃO

A consciência social, aliada ao dever ético da solidariedade, representa uma instância suprema de cidadania, um compromisso inalienável para com os mais vulneráveis e em situação de marginalidade, exclusão e pobreza.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

A Política Melhor (II)
Na continuação dos assuntos abordados no meu texto anterior, reitero que vale a pena, aos dirigentes das IPSS, independentemente das suas convicções ideológicas ou...

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A guerra na Ucrânia e as consequências para a Europa
A guerra na Ucrânia é, sem dúvida, o maior desafio que se coloca à União Europeia desde a sua fundação. É a primeira vez, desde a última grande...