LIGA PORTUGUESA CONTRA AS DOENÇAS REUMÁTICAS, LISBOA

«Viver a (in)Capacidade» é a temática do 22º Fórum de Apoio ao Doente Reumático

A Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas realiza, no dia 12 de outubro, o 22.º Fórum de Apoio ao Doente Reumático, com o tema «Viver a (in)Capacidade». A sessão decorrerá no Auditório do Centro Cultural Franciscano, em Lisboa.
A intenção da Liga é abordar a temática dos apoios disponíveis na capacitação para o trabalho (escolar, profissional ou doméstico), recursos profissionais para pessoas com incapacidade, a prevenção, a legislação laboral e ainda o impacto emocional aliado a limitações provocadas pelas doenças reumáticas.
A inscrição no fórum é gratuita, mas obrigatória e pode ser feita no endereço http://www.lpcdr.org.pt/inscricao-forum/view/form.
A manhã será preenchida pelo primeiro painel, intitulado «Para além das limitações». Contará com moderação de Catarina Marques, vice-presidente da LPCDR e terá como preletores: Dália Piedade (ANDAI - Associação Nacional de Doentes Com Artrites e Reumatismos da Infância) sobre «Necessidades de saúde especiais: suporte à aprendizagem e à inclusão para crianças e jovens com doenças reumáticas); Ana Rita Vilhena (INR - Instituto Nacional para a Reabilitação) acerca do «Sistema de Atribuição dos Produtos de Apoio (SAPA), seus objetivos e diferentes parceiros e serviços Envolvidos); Leonardo Conceição (IEFP - Instituto do Emprego e Formação Profissional) sobre «Reabilitação Profissional: Acesso aos apoios disponíveis»; e Ester Rosa (Associação Salvador) sobre «Desafios no emprego de pessoas com deficiência motora».
Já da parte da tarde, o programa prevê os painéis 2 e 3, respetivamente, «Prevenir a incapacidade na vida laboral» e «Autoestima, Emoções e Afetos: conversas soltas».
Elsa Mateus, presidente da Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas, irá moderar o painel 2, onde serão abordadas temáticas como «Literacia em Saúde Ocupacional e prevenção das lesões músculo-esqueléticas relacionadas com o trabalho», por José Manuel Rocha Nogueira (coordenador do PNSOC – Programa Nacional de Saúde Ocupacional); «Doentes Crónicos: Proteção legal no mercado de trabalho», por Mariana Pinto Ramos (VdA - Vieira de Almeida & Associados); e «Abordagens da Medicina Social», por AJ Oliveira Pedro (médico de família e de Medicina Desportiva com Pós- Graduação em Medicina Social).
Para abordar o tema da «Autoestima, Emoções e Afetos: conversas soltas», e sob moderação de Ricardo Fonseca (presidente da MYOS – Associação Nacional Contra a Fibromialgia e Síndrome de Fadiga Crónica), estarão na mesa Mafalda Ribeiro (comunicadora e autora), Margarida Fonseca Santos (escritora) e Rita Canaipa (psicóloga).

 

Data de introdução: 2019-10-09



















editorial

O TRIÂNGULO DA COOPERAÇÃO

A consciência social, aliada ao dever ético da solidariedade, representa uma instância suprema de cidadania, um compromisso inalienável para com os mais vulneráveis e em situação de marginalidade, exclusão e pobreza.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

A Política Melhor (II)
Na continuação dos assuntos abordados no meu texto anterior, reitero que vale a pena, aos dirigentes das IPSS, independentemente das suas convicções ideológicas ou...

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A guerra na Ucrânia e as consequências para a Europa
A guerra na Ucrânia é, sem dúvida, o maior desafio que se coloca à União Europeia desde a sua fundação. É a primeira vez, desde a última grande...