ESTRATÉGIA NACIONAL PARA A INTEGRAÇÃO DE PESSOAS SEM-ABRIGO

Henrique Joaquim escolhido para gestor nacional

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social anunciou a criação de um gestor nacional da estratégia de apoio às pessoas sem-abrigo.
O gestor nacional será Henrique Joaquim, ex-dirigente da Comunidade Vida e Paz, uma IPSS que se dedica ao apoio aos sem-abrigo, e que segundo a ministra, é uma pessoa com muita experiência.
"É um nome que nos deixará a todos bastante confortáveis porque é uma pessoa com muita experiência", considerou Ana Mendes Godinho durante uma audição na Comissão de Trabalho e Segurança Social na sequência de um requerimento do PSD sobre a implementação pelo Governo da Estratégia Nacional para a Integração de Pessoas Sem-Abrigo (ENIPSA) 2017-2023.
O novel gestor da Estratégia Nacional para as Pessoas Sem-Abrigo iniciará funções já em janeiro e sob alçada direta da ministra.
"Senti necessidade de um gestor nacional para garantir uma interação local e fazer um 'zoom' das necessidades de forma a responder às questões concretas das pessoas", disse.

 

Data de introdução: 2019-12-12



















editorial

Novos passos na Cooperação

Com a assunção por parte do Estado das comparticipações familiares das crianças do 1º e 2º escalão, já cerca de 50.000 crianças tinham Creche gratuita. Entretanto, a Lei nº 2/2022, de 3 de janeiro, determina...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

Trabalho digno
O governo apresentou no Parlamento um diploma que define um conjunto de novas regras para regular o mercado de trabalho e intitulou esse conjunto como a Agenda para o Trabalho Digno.

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

A Política Melhor (IV)
Continuando na senda das reflexões anteriores, conheçamos, agora, o que pensa o Papa Francisco, na sua Carta Encíclica Fratelli Tutti, sobre a importância da política...