UNITATE – SOCIAL ECONOMY NETWORK, VILA VIÇOSA

Bolsa de Disponíveis já angariou mais de 1.200 voluntários em todo o país

“Tem sido um grande sucesso e muito agradecemos a todas as entidades que se juntaram a nós”, afirma Tiago Abalroado, presidente da instituição sedeada em Vila Viçosa.
A iniciativa da Unitate, que arrancou nas redes sociais, foi acarinhada pelo Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, na pessoa da ministra Ana Mendes Godinho, e pela CASES - Cooperativa António Sérgio para a Economia Social, com quem há uma comunicação diária, que potenciaram a divulgação da mesma pelos seus canais próprios.
Houve ainda algumas Uniões Distritais de IPSS e diversos municípios que se juntaram à causa, apoiando a divulgação, tendo também todos os Centros Distritais da Segurança Social se associado divulgando a iniciativa junto das IPSS pelos canais privilegiados que também têm.
“Há voluntários de todos os distritos, de quase todos os concelhos” inscritos na bolsa de disponíveis e “os pedidos das instituições têm chovido, na ordem dos 10 a 15 por dia”, revela Tiago Abalroado.
A Unitate nesta fase faz a mediação com as instituições que necessitam de cozinheiras, médicos ou outro pessoal com os voluntários, colocando-os em contacto.
“Já enviámos muita gente para as instituições e houve mesmo um caso curioso. Uma senhora que encaminhámos ligou-nos a dizer que queria sair da bolsa porque tinha arranjado emprego. Ou seja, ela já tinha passado pela instituição e os dirigentes quando viram que era ela, como estavam mesmo necessitados de preencher aquela vaga, contrataram-na”, conta, satisfeito, Tiago Abalroado.
Todos os que queiram disponibilizar-se para voluntariado nas IPSS, independentemente do local de residência, inscreva-se em https://unitate.typeform.com/to/aNoBPe.

 

Data de introdução: 2020-04-06



















editorial

ANO NOVO – NOVOS DESAFIOS

(...) Deve relevar-se como um passo muito significativo o compromisso constante do Pacto de Cooperação, no sentido de o Estado e as Instituições deverem repartir de forma equitativa os encargos com as respostas sociais em que existem...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A revisão do Pacto para a Solidariedade
Nos últimos dias do ano transato os Presidentes da Associação Nacional dos Municípios Portugueses (AMNP), da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), da...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORT. DO VOLUNTARIADO

ESTRATÉGIA NACIONAL DE COMBATE À POBREZA: Um nobre desafio a Portugal
Finalmente, foi aprovada uma Estratégia Nacional de Combate à Pobreza (ENCP). Apesar de haver aspetos importantes por conhecer, no que respeita a exequibilidade desta Estratégia, em...