OBRAS SOCIAIS DO PESSOAL DA CM E SM DE VISEU

IV Seminário Internacional Alzheimer e outras Demências é já a 19 de março

O IV Seminário Internacional Alzheimer e outras Demências: Conhecer, Compreender e Intervir realiza-se nos próximos dias 19 e 20 de março, em modalidade online, e é organizado pela Escola Superior de Educação de Viseu, em parceria com as Obras Sociais do Pessoal da CM e SM de Viseu.
A edição deste ano focará os desafios acrescidos que a pandemia Covid-19 está a colocar às pessoas com demência e seus cuidadores.
A pandemia do novo coronavírus é especialmente castigadora para as pessoas mais velhas (Alzheimer's Disease International–ADI, 2020). No artigo «Dementia care during Covid-19», publicado na revista «The Lancet», os autores consideram que é muito mais provável que as pessoas com demência possam contrair a doença porque têm um acesso muito limitado à informação verídica sobre a pandemia, podem revelar dificuldades em compreender a mensagem e em recordar as medidas de prevenção e segurança para evitar o contágio (a importância de usar máscara, lavagem das mãos…).
Este evento pretende proporcionar um espaço de partilha de evidências científicas e experiências práticas neste âmbito, com vista à reflexão em torno de uma resposta mais integrada e atempada. Incluirá aspetos relacionados com o conhecimento e compreensão desta realidade, mas também a partilha de intervenções inovadoras junto de pessoas com problemas de memória e demência, bem como com cuidadores.
O programa inclui a participação de conferencistas nacionais e internacionais com mérito reconhecido nesta área.
A demência constitui a expressão clínica de várias entidades patológicas, sendo a doença de Alzheimer a mais prevalente.
O aumento continuado do número de casos de pessoas com demência no mundo, três novos casos a cada três segundos, levou a que esta doença fosse considerada uma pandemia silenciosa, num mundo cada vez mais grisalho.

 

Data de introdução: 2021-03-15



















editorial

O TRIÂNGULO DA COOPERAÇÃO

A consciência social, aliada ao dever ético da solidariedade, representa uma instância suprema de cidadania, um compromisso inalienável para com os mais vulneráveis e em situação de marginalidade, exclusão e pobreza.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

A Política Melhor (II)
Na continuação dos assuntos abordados no meu texto anterior, reitero que vale a pena, aos dirigentes das IPSS, independentemente das suas convicções ideológicas ou...

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A guerra na Ucrânia e as consequências para a Europa
A guerra na Ucrânia é, sem dúvida, o maior desafio que se coloca à União Europeia desde a sua fundação. É a primeira vez, desde a última grande...