LEILÃO DE ARTE E ANTIGUIDADES

Angariação de fundos da Associação Nacional de Doenças Mentais e Raras

Dia 22 de Novembro, pelas 18h30, o Salão Nobre do Palácio da Independência (em Lisboa, ao Rossio) acolhe o Leilão Raríssimas, mais um esforço de angariação de fundos da Associação Nacional de Doenças Mentais e Raras.


O evento prevê o leilão de peças raras e únicas, essencialmente obras de arte na área de pintura, escultura, fotografia, design e antiguidades; e contará com a apresentação de Júlio Isidro. A receita reverterá a favor das acções de apoio médico e social da Raríssimas, bem assim como para a construção da sua sede/centro de acolhimento, a “Casa dos Marcos”.

A lista completa das peças a leilão, suas imagens e sua base de licitação estarão disponíveis para consulta no website da Raríssimas, em www.rarissimas.org  

As inscrições para a iniciativa podem ser feitas para a empresa Belo de Morais & Associados, através do tel. 213 869 405 e do email geral@belodemorais.com.pt
No decorrer do leilão, estarão também disponíveis quatro linhas telefónicas para receber licitações.

 

Data de introdução: 2005-11-26



















editorial

O TRIÂNGULO DA COOPERAÇÃO

A consciência social, aliada ao dever ético da solidariedade, representa uma instância suprema de cidadania, um compromisso inalienável para com os mais vulneráveis e em situação de marginalidade, exclusão e pobreza.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

A Política Melhor (II)
Na continuação dos assuntos abordados no meu texto anterior, reitero que vale a pena, aos dirigentes das IPSS, independentemente das suas convicções ideológicas ou...

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A guerra na Ucrânia e as consequências para a Europa
A guerra na Ucrânia é, sem dúvida, o maior desafio que se coloca à União Europeia desde a sua fundação. É a primeira vez, desde a última grande...