INICIATIVA DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA

Idosos de Borba em Badajoz

No intuito de promover o contacto entre as várias valências, a Santa Casa da Misericórdia de Borba proporcionou aos seus utentes momentos de entretenimento e convívio.
A 16 de Fevereiro os utentes das valências Serviço de Apoio Domiciliário, Oficina do Idoso, Lar e Centro de Dia visitaram a típica feira do idoso, mais conhecida por “Feria de los Maiores” em Badajoz. 

O RELATO DA JORNADA, A CARGO DE RESPONSÁVEIS DA SCM DE BORBA

"Quando pensámos efectuar esta actividade a Instituição e toda a equipa envolvida teve bastante presente dois pontos-chave muito importantes, o primeiro centrou-se de que trabalhamos com idosos e para os idosos; o segundo foi a forma que encontrámos para agradecer todo o “trabalho”, que eles, utentes desenvolvem convosco, pois sem eles nós não poderíamos existir.

Desde a mais pequena actividade como pintar um desenho, fazer um recorte, contar uma história; eles estão sempre dispostos em colaborar da melhor maneira que podem ou conseguem.
Aqui temos de dar um agradecimento muito especial a todas as frequentadoras da Oficina do Idoso que faça chuva ou faça sol estão lá a fazer os seus trabalhos, e a todos os utentes do Serviço de Apoio Domiciliário que mesmo não estando todos os dias na Instituição colaboram e fazem os seus pequenos trabalhos sempre com muita dedicação e empenho.

Todos os utentes de Apoio Domiciliário que participaram foram recolhidos em suas casas pelas equipas que prestam o Apoio, equipas estas que mais uma vez voluntariamente e fora do seu horário de trabalho participaram na iniciativa. O mesmo aconteceu com alguns utentes que frequentam a Oficina do Idoso e Centro de Dia.

Por volta das 9.30 horas partiu da Instituição um autocarro gentilmente cedido pela Câmara Municipal do Concelho e uma carrinha da própria Instituição, pois o número de utentes que aderirem ao passeio superou as expectativas. 

Durante o percurso foram feitas algumas explicações e fomos animando a viagem para assim o tempo passar mais depressa. Quando chegamos à feira os idosos “passearam” pelos vários “Stands” expostos e participaram com muita vontade e boa disposição em algumas actividades que aí existiam.

Oferecemos também um pequeno lanche onde os utentes das várias valências puderam confraternizar e conhecerem-se melhor. Regressamos a Borba por volta das 13 horas num espírito de boa disposição e muito contentamento, pois muitos dos idosos nunca tinham tido a oportunidade de visitarem um espaço que é feito para eles e a pensar neles.

É através deste tipo de iniciativas que um trabalho como o nosso ocupa um lugar especial; não nos podemos resumir só ao dia da actividade em si; por detrás de tudo isto existem e existiram um conjunto de pessoas, de Entidades e Instituições que trabalharam numa só direcção para que se conseguisse este resultado.
À Câmara Municipal, pelos recursos materiais e humanos que disponibilizou; a todas as colaboradoras da Santa Casa da Misericórdia de Borba que ajudaram a tornar possível esta actividade; um muito obrigado!"

 

Data de introdução: 2006-03-02



















editorial

IMPORTÂNCIA ECONÓMICA E SOCIAL DAS IPSS

Para uma quantificação atualizada da importância social e económica das Instituições Particulares de Solidariedade Social em Portugal a CNIS assegurou o cofinanciamento do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE),...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A sustentabilidade da Segurança Social
Quando se tenta perspetivar o que pode acontecer no futuro aos sistemas de segurança social há variáveis que são mais fáceis de prever, mas também existem outras...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

Só quando for um desígnio nacional será erradicada a pobreza
Nas últimas semanas, a pobreza em Portugal voltou a ser tema de abertura em todos os medias. Esta atenção especial deveu-se a informações preocupantes emanadas de fontes...