INICIATIVA DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA

Idosos de Borba em Badajoz

No intuito de promover o contacto entre as várias valências, a Santa Casa da Misericórdia de Borba proporcionou aos seus utentes momentos de entretenimento e convívio.
A 16 de Fevereiro os utentes das valências Serviço de Apoio Domiciliário, Oficina do Idoso, Lar e Centro de Dia visitaram a típica feira do idoso, mais conhecida por “Feria de los Maiores” em Badajoz. 

O RELATO DA JORNADA, A CARGO DE RESPONSÁVEIS DA SCM DE BORBA

"Quando pensámos efectuar esta actividade a Instituição e toda a equipa envolvida teve bastante presente dois pontos-chave muito importantes, o primeiro centrou-se de que trabalhamos com idosos e para os idosos; o segundo foi a forma que encontrámos para agradecer todo o “trabalho”, que eles, utentes desenvolvem convosco, pois sem eles nós não poderíamos existir.

Desde a mais pequena actividade como pintar um desenho, fazer um recorte, contar uma história; eles estão sempre dispostos em colaborar da melhor maneira que podem ou conseguem.
Aqui temos de dar um agradecimento muito especial a todas as frequentadoras da Oficina do Idoso que faça chuva ou faça sol estão lá a fazer os seus trabalhos, e a todos os utentes do Serviço de Apoio Domiciliário que mesmo não estando todos os dias na Instituição colaboram e fazem os seus pequenos trabalhos sempre com muita dedicação e empenho.

Todos os utentes de Apoio Domiciliário que participaram foram recolhidos em suas casas pelas equipas que prestam o Apoio, equipas estas que mais uma vez voluntariamente e fora do seu horário de trabalho participaram na iniciativa. O mesmo aconteceu com alguns utentes que frequentam a Oficina do Idoso e Centro de Dia.

Por volta das 9.30 horas partiu da Instituição um autocarro gentilmente cedido pela Câmara Municipal do Concelho e uma carrinha da própria Instituição, pois o número de utentes que aderirem ao passeio superou as expectativas. 

Durante o percurso foram feitas algumas explicações e fomos animando a viagem para assim o tempo passar mais depressa. Quando chegamos à feira os idosos “passearam” pelos vários “Stands” expostos e participaram com muita vontade e boa disposição em algumas actividades que aí existiam.

Oferecemos também um pequeno lanche onde os utentes das várias valências puderam confraternizar e conhecerem-se melhor. Regressamos a Borba por volta das 13 horas num espírito de boa disposição e muito contentamento, pois muitos dos idosos nunca tinham tido a oportunidade de visitarem um espaço que é feito para eles e a pensar neles.

É através deste tipo de iniciativas que um trabalho como o nosso ocupa um lugar especial; não nos podemos resumir só ao dia da actividade em si; por detrás de tudo isto existem e existiram um conjunto de pessoas, de Entidades e Instituições que trabalharam numa só direcção para que se conseguisse este resultado.
À Câmara Municipal, pelos recursos materiais e humanos que disponibilizou; a todas as colaboradoras da Santa Casa da Misericórdia de Borba que ajudaram a tornar possível esta actividade; um muito obrigado!"

 

Data de introdução: 2006-03-02



















editorial

As amas em Creche Familiar

Publica-se neste número do “Solidariedade” o texto do acordo com a FSUGT, na parte que contempla também os novos valores de remunerações acordado para vigorar a partir de 1 de janeiro de 2024.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

A propósito do contributo da CNIS para as próximas eleições
É já tradição que as organizações de diferentes âmbitos, aproveitem os atos eleitorais para fazerem valer as suas reivindicações mais...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Cuidar da democracia
Neste ano vamos a eleições pelo menos duas vezes (três para os açorianos), somos chamados a renovar o nosso laço político com a comunidade, escolhendo...