ABRUNHEIRA

Festa da Cereja e IIº Concurso de Espantalhos

Toda a terra tem as suas tradições, e a freguesia de Abrunheira não é excepção. Esta foi a povoação com o maior cultivo de Cerejeiras da Região do Baixo Mondego, por esse facto as pessoas mais velhas associam os tempos da sua juventude ao cultivo, apanha e venda da cereja.

No próximo dia 14 de Junho a Casa do Povo de Abrunheira irá realizar a Festa da Cereja que é já uma tradição desta freguesia. Neste dia o Centro de Dia de Abrunheira (Parque Dr. António Joaquim Simões) irá acolher cerca de 300 pessoas, entre idosos e crianças de várias instituições dos concelhos de Montemor-o-Velho e Soure e da comunidade em geral.
Pretende-se com esta actividade que os participantes revivam os bons momentos da sua juventude.
Nesta festa os presentes encontrarão também produtos tradicionais da Abrunheira elaborados com a cereja (compota e licor).

A Festa da Cereja terá início pelas 11h30 com a chegada dos participantes, ao que se seguirá um almoço convívio, oferecido pela Casa do Povo, durante a tarde haverá animação com o Grupo Típico Trabalhadores D’Aldeia e o Grupo de Dança “Open Mind”, estará também aberta uma quermesse.
Conjuntamente com esta festa realiza-se o IIº Concurso de Espantalhos, em que se ilustram os usos e costumes. Desta forma todos os participantes poderão, através dos seus trabalhos, reviver as tradições da freguesia onde passaram a sua juventude.
A Casa do Povo de Abrunheira convidou à população a apresentar os seus espantalhos e a participar nesta festa.
Os Espantalhos elaborados pelos utentes das IPSS’s e por pessoas da comunidade ficarão expostos do dia 14 ao dia 18 de Junho, para que possam ser admirados.
A Casa do Povo de Abrunheira pretende com esta actividade proporcionar aos idosos momentos de convívio, alegria e lazer, oferecendo-lhes uma actividade diferente das do seu dia-a-dia, em que possam sentir-se acarinhados, lembrados e que têm um grande significado para a sua terra e assim quebrar os ciclos de solidão e isolamento, promovendo o seu bem-estar psicossocial e o contacto inter-geracional.

 

Data de introdução: 2006-06-11



















editorial

IMPORTÂNCIA ECONÓMICA E SOCIAL DAS IPSS

Para uma quantificação atualizada da importância social e económica das Instituições Particulares de Solidariedade Social em Portugal a CNIS assegurou o cofinanciamento do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE),...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A sustentabilidade da Segurança Social
Quando se tenta perspetivar o que pode acontecer no futuro aos sistemas de segurança social há variáveis que são mais fáceis de prever, mas também existem outras...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

Só quando for um desígnio nacional será erradicada a pobreza
Nas últimas semanas, a pobreza em Portugal voltou a ser tema de abertura em todos os medias. Esta atenção especial deveu-se a informações preocupantes emanadas de fontes...