SEGURANçA SOCIAL

Excedente quase duplica até Julho

O excedente da segurança social quase duplicou até Julho, ajudado por um crescimento de oito por cento das receitas correntes, segundo os dados da Direcção-Geral do Orçamento. O saldo da segurança social passou de 650,7 milhões, no final de Julho de 2007, para 1.253 milhões de euros, no final de Julho de 2008.

A justificar essa melhoria esteve o aumento de 450 milhões de euros nas contribuições pagas e de quase 300 milhões de euros das transferências da administração central.

Do lado da despesa, os dados mostram que os gastos com pensões subiram 6,1 por cento, a um ritmo ligeiramente abaixo do previsto para o conjunto do ano (6,8 por cento), as despesas com o subsídio de doença caíram 7,6 por cento e os gastos com o subsídio de desemprego baixaram 12,4 por cento.


24.08.2008

 

Data de introdução: 2008-08-24



















editorial

NO CINQUENTENÁRIO DO 25 DE ABRIL

(...) Saudar Abril é reconhecer que há caminho a percorrer e seguir em frente: Um primeiro contributo será o da valorização da política e de quanto o serviço público dignifica o exercício da política e o...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Liberdade e Democracia
Dentro de breves dias celebraremos os 50 anos do 25 de Abril. Muitas serão as opiniões sobre a importância desta efeméride. Uns considerarão que nenhum benefício...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Novo governo: boas e más notícias para a economia social
O Governo que acaba de tomar posse tem a sua investidura garantida pela promessa do PS de não apresentar nem viabilizar qualquer moção de rejeição do seu programa.