MEDIA

Rádio "sénior" é a nova aposta do Grupo Renascença

Uma rádio dirigida a ouvintes com mais de 55 anos que pretende chegar a todo o País e com um compromisso equilibrado entre a palavra e a música é a nova aposta do Grupo Renascença. A rádio Sim emite desde Agosto, em AM e FM, para todo o País e foi apresentada formalmente na Casa do Artista, em Lisboa. "O reposicionamento da Rádio Renascença deixou menos confortável o público com mais de 55 anos, e é nosso dever não excluir quem durante anos acompanhou a Renascença", afirmou o Padre João Aguiar Campos, presidente do grupo.

De acordo com o responsável, a Renascença inscreveu nos seus objectivos para 2008 o lançamento de um novo serviço de programas, e assim foi criada a rádio Sim.

"É uma rádio sénior que equilibra a música com a palavra, sem pressa. Privilegiamos assuntos como a família, a saúde, a solidariedade e a ocupação dos tempos livres, num emissão feita de vários pontos do País", explicou Dina Isabel, directora da Sim.

As músicas difundidas pela nova rádio serão das épocas de 1940 a 1970, já a informação será emitida em simultâneo com a Renascença, com excepção "de alguns espaços próprios com notícias regionais".

Na grelha da Sim há ainda espaços dedicados à reflexão e serão emitidos, em simultâneo com a Renascença, o Rosário -- de segunda-feira a sábado - e a Missa Dominical.

O Desporto também está na grelha da nova rádio, através do Bola Branca (programa da Renascença) e da emissão dos relatos de alguns jogos de futebol.

01.10.08

 

Data de introdução: 2008-10-02



















editorial

O COMPROMISSO DE COOPERAÇÃO: SAÚDE

De acordo com o previsto no Compromisso de Cooperação para o Setor Social e Solidário, o Ministério da Saúde “garante que os profissionais de saúde dos agrupamentos de centros de saúde asseguram a...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Imigração e desenvolvimento
As migrações não são um fenómeno novo na história global, assim como na do nosso país, desde os seus primórdios. Nem sequer se trata de uma realidade...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Portugal está sem Estratégia para a Integração da Comunidade Cigana
No mês de junho Portugal foi visitado por uma delegação da Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância do Conselho da Europa, que se debruçou, sobre a...