CAMPANHA

Portugueses doam 27 mil euros para material escolar

Os portugueses doaram 27.028,1 euros na quarta edição do projeto Banco Escolar, projeto desenvolvido pela empresa Staples em parceria com a ENTRAJUDA, que assenta na doação de material escolar a crianças carenciadas, contribuindo desta forma para prevenir casos de insucesso escolar e abandono.
Em parceria com o Banco de Bens Doados da ENTRAJUDA, o Banco Escolar é um projeto ambicioso, que no seu sentido mais lato, pretende contribuir para prevenir casos de abandono e insucesso escolar. Este projeto pretende garantir que crianças e jovens sejam os beneficiados de uma dinâmica viral de solidariedade, com o objetivo de angariar donativos que serão convertidos em material escolar a distribuir por IPSS.
Portugal continua a ser um dos países da OCDE com maior taxa de abandono escolar e com maiores níveis de desigualdade social. Actualmente, em Portugal cerca de três em cada 10 jovens em idade escolar não completa a escolaridade obrigatória.
A 4ª edição do Banco Escolar, que terminou no dia 15 de Setembro, contou com a adesão de cerca 25.000 pessoas. A participação poderia ser feita através da página de Facebook da Staples ou da página do Movimento «Eu Agradeço a um Professor», bem como na rede de lojas da empresa promotora através de vales de compras.
O valor arrecadado entre os dias 26 de Agosto e 15 de Setembro é agora convertido em material escolar, tendo em conta as necessidades das instituições sociais identificadas pela ENTRAJUDA.
“Os portugueses mostraram a sua generosidade com esta fantástica adesão ao projeto Banco Escolar que tem um cariz social muito relevante, tendo em conta que estamos a criar condições para que crianças carenciadas tenham melhores condições para iniciar o ano lectivo”, referiu Isabel Jonet, presidente da ENTRAJUDA, uma IPSS que visa apoiar outras instituições ao nível da organização e gestão, com o objetivo de melhorar o seu desempenho e eficiência em benefício das pessoas carenciadas. Assente na mobilização e envolvimento de pessoas e empresas de boa vontade, a ENTRAJUDA efectua um diagnóstico dos problemas e necessidades das instituições, propõe soluções, mobiliza parceiros e voluntários, implementa soluções e avalia impactos e desempenhos.

 

Data de introdução: 2013-09-17



















editorial

Conclusões do Seminário da CNIS

Com momentos repletos de experiências e realidades distintas que deu voz às Instituições, o seminário abriu espaço à reflexão, avançou com a clarificação de conceitos e a identificação de...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

A resposta das IPSS às alterações climáticas
No princípio do próximo mês de dezembro, no Dubai, realiza-se mais uma Conferência da Convenção-Quadro sobre as Alterações Climáticas, conhecida...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Medir e diminuir o isolamento. Sobre as comunidades cuidadoras.
Durante o mês de outubro, a GNR voltou à estrada para concretizar o “Censos Sénior”, que realiza desde 2011. Este ano sinalizou mais de 44 mil idosos a viver sozinhos ou...