FUNÇÂO PÚBLICA

Governo abre 4 mil vagas para estágios de recém-licenciados

O governo vai 4.000 abrir vagas para desempregados recém-licenciados estagiarem na Função Pública, anunciou o ministro das Finanças, na Assembleia da República.

Na comissão parlamentar conjunta de Economia e Finanças e Execução Orçamental, Bagão Félix afirmou que o Estado vai gastar, em 2005, 85 milhões de euros com estágios, dos quais 64 milhões vão ser co-financiados pelo Fundo Social Europeu.

A remuneração desses estagiários deve passar pelo equivalente ao subsídio de desemprego, acrescido de uma remuneração adicional, explicou o ministro das Finanças.

Com esta medida, o Estado ganha potencial rejuvenescimento da Função Pública e os desempregados passam a ter um emprego e ganham experiência profissional, acrescentou Bagão Félix.

 

Data de introdução: 2004-11-15



















editorial

As amas em Creche Familiar

Publica-se neste número do “Solidariedade” o texto do acordo com a FSUGT, na parte que contempla também os novos valores de remunerações acordado para vigorar a partir de 1 de janeiro de 2024.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

A propósito do contributo da CNIS para as próximas eleições
É já tradição que as organizações de diferentes âmbitos, aproveitem os atos eleitorais para fazerem valer as suas reivindicações mais...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Cuidar da democracia
Neste ano vamos a eleições pelo menos duas vezes (três para os açorianos), somos chamados a renovar o nosso laço político com a comunidade, escolhendo...