PORTO

Música clássica para apoiar os sem-abrigo

A Fundação AMI - Assistência Médica Internacional promove hoje, dia 16, no Porto, um recital de música clássica cuja receita reverte por inteiro para a construção de uma casa de acolhimento para os sem-abrigo da cidade.

Em comunicado a fundação refere que o "Abrigo do Porto" é um "necessário e urgente" projecto de acolhimento e reintegração social dos sem-abrigo da cidade.

O recital terá como intérprete principal o pianista romeno radicado no Porto Constantin Sandu, professor na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo (ESMAE).

O pianista vai executar obras de Bompempo, Schubert, Liszt, Chausson, Poulene, Villa-Lobos e Puccini, algumas das quais acompanhado por Andrea Moreira (violino), Adam Wierzba (clarinete) e Cláudia Pereira Pinto (soprano).

 

Data de introdução: 2004-12-17



















editorial

IDENTIDADE E AUTONOMIA DAS IPSS

As IPSS constituem corpos intermédios na organização social, integram a economia social e são autónomas e independentes do Estado por determinação constitucional.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Eleições Europeias são muito importantes
Nas últimas eleições para o Parlamento Europeu foi escandaloso o nível de abstenção. O mesmo tem vindo a acontecer nos passados atos eleitorais europeus

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Habitação duradoura – a resposta que falta aos sem abrigo
As pessoas em situação de sem-abrigo na Europa, em 2023 serão cerca de 900 mil, segundo a estimativa da FEANTSA (Federação Europeia das Associações...