Os Tribunais e os subsídios para as IPSS

Lemos no Expresso que o Tribunal de Relação de Lisboa condenou Miguel Sousa Cintra a pena de prisão suspensa com a condição de que entregue 499 mil euros a quatro instituições de solidariedade: Liga Portuguesa contra o Cancro, Associação CAIS, Refugio Aboim Ascenção e Casas de São Vicente de Paulo.

É uma notícia que nos agrada esperando que no futuro outros tribunais tomem idênticas decisões.
A notícia deixa-nos no entanto a dúvida sobre os critérios que levaram os juízes a optar por estas quatro instituições.

Na atribuição de dinheiros públicos todos exigimos processos claros, transparentes, com regras definidas, onde todos sejam tratados de forma justa, sem compadrios, nem favorecimentos discriminatórios.

Admitimos que o Tribunal de Relação tenha feito a escolha das quatro instituições premiadas com base em critérios de justiça relativa.

Parece-nos que há todo o interesse em que os fundamentos desta selecção sejam de conhecimento de todas as Instituições Privadas de Solidariedade Social que poderão sentir-se habilitadas a ser beneficiárias de decisões semelhantes dos Tribunais.

A falta de informação não pode criar a ideia que esta distribuição de dinheiro pelos tribunais assenta em mecanismos aleatórios ou em julgamentos de duvidosa notoriedade pública.

Ficamos à espera que as competentes hierarquias judiciais esclareçam a opinião pública.

* Médico. Presidente da Direcção da Associação para o Desenvolvimento e Formação Profissional de Miranda do Corvo (ADFP)

 

Data de introdução: 2005-02-10



















editorial

O COMPROMISSO DE COOPERAÇÃO: SAÚDE

De acordo com o previsto no Compromisso de Cooperação para o Setor Social e Solidário, o Ministério da Saúde “garante que os profissionais de saúde dos agrupamentos de centros de saúde asseguram a...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Imigração e desenvolvimento
As migrações não são um fenómeno novo na história global, assim como na do nosso país, desde os seus primórdios. Nem sequer se trata de uma realidade...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Portugal está sem Estratégia para a Integração da Comunidade Cigana
No mês de junho Portugal foi visitado por uma delegação da Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância do Conselho da Europa, que se debruçou, sobre a...