IV CONCURSO MISS & MISTER SÉNIOR, ALBERGARIA-A-VELHA

E aos 97 anos fez-se Miss

E aos 97 anos fez-se Miss. “Fizeram-me Miss…”, disse no final, ainda surpreendida, dona Ana Custódia, utente da Cediara – Associação de Solidariedade Social de Ribeira de Fráguas (Albergaria-a-Velha), depois de coroada Miss Sénior no IV Concurso Miss & Mister Sénior 2016, que contou com a participação de concorrentes oriundos de duas dezenas de IPSS, em representação de sete distritos de Portugal.
Mas como o próprio nome do concurso indicia, para além da Miss, também foi escolhido um Mister Sénior 2016 e o grande vencedor foi Celestino Fernandes, utente do Centro Social, Cultural e Recreativo da Carregosa (Oliveira de Azeméis), homem garboso nos seus 72 anos.
E apesar de Ana Custódia e Celestino Fernandes terem sido coroados vencedores, como referiu Susana Henriques, diretora-técnica da Cediara, instituição organizadora da iniciativa pelo quarto ano consecutivo, “todos são vencedores só por estarem presentes”. E com “todos”, Susana Henriques referia-se aos utentes participantes no concurso, aos utentes que acompanharam os participantes e aos funcionários que os acompanharam, mas também aos dirigentes e técnicos das 20 instituições participantes, “pela promoção do envelhecimento ativo” que fazem nas respetivas IPSS.
Foi uma festa, ou melhor, uma enorme festa, na qual, para além dos desfiles a contar para o concurso, houve música, convívio, dança e alegria, muita alegria. Evidente foi o empenho de todos nas provas, mas mais evidente ainda foi a vontade de participar e de fazer do dia uma grande festa. Por isso não foi de estranhar que às atuações do grupo popular «Os Madrigais», do cantor Nel Monteiro (também ele membro do júri) e em especial do recente candidato presidencial Tino de Rans os mais de 400 idosos presentes no pavilhão do Grupo Desportivo de Telhadela, onde decorreu o evento, tomassem a passerelle de assalto e a transformassem numa enorme pista de dança. Bem, mais parecia um bailarico do que um concurso de Miss & Mister.
E se falar de vencedores para distinguir alguns dos participantes não seja a melhor forma, há que dizer que, para além da dupla já referida, houve mais algumas distinções.
Assim, entre elas, a 2ª Dama de Honor foi a concorrente, de 94 anos, do Solar das Camélias (Ribeira de Fráguas), enquanto a 1ª Dama de Honor foi escolhida a participante, de 67 anos, do Centro Social da Paróquia de Rio Tinto (Gondomar), ao passo que, entre eles, o 2º Cavalheiro foi para o concorrente, de 79 anos, da Fundação Padre Manuel Pereira Pinho e Irmã, de Válega (Ovar) e o 1º Cavalheiro para o participante, de 86 anos, do Centro Social de Famalicão (Nazaré).
O concurso consiste em três desfiles, em Traje de Gala, Traje Desportivo e Traje Típico, avaliados por um júri de oito convidados da organização.
E se do desfile em Traje de Gala saíram a Miss e o Mister Sénior 2016, já outras distinções houve para os que mais se destacaram nos outros dois desfiles. Assim, a Miss Boa Forma (Traje Desportivo) foi escolhida a participante, de 79 anos, do Centro Social e Paroquial de Cepelos (Vale de Cambra), enquanto o Mister Boa Forma foi o concorrente, de 74 anos, da Fundação Joaquim dos Santos (Viseu).
Já a Miss Atitude (Traje Típico) foi eleita a concorrente, de 87 anos, da Associação de Solidariedade Social da Freguesia de Silvares (Fundão), enquanto o prémio de Mister Atitude foi arrebatado pelo participante, de 79 anos, do Centro Social Paroquial São Tomé de Canelas (Estarreja).
Para além destas distinções foram ainda atribuídas mais duas: Miss Simpatia, que foi para a utente, de 83 anos, do Centro Social e Paroquial de Angeja (Albergaria-a-Velha), e Mister Simpatia, para o participante, de 81 anos, do Hotel Sénior das Romanas (Pedras Salgadas).
Um olhar rápido pela lista de premiados, deixa evidente a abrangência que o Concurso promovido pela Cediara já consegue atingir, tendo nesta quarta edição batido três recordes: Instituições participantes (20), número de participantes (mais de 400, entre concorrentes e acompanhantes) e distritos representados (sete, a saber: Aveiro, Porto, Vila Real, Castelo Branco, Leiria, Viseu, Coimbra).
A concorrer e a assistir estiveram utentes de respostas sociais como Centro de Dia, Serviço de Apoio Domiciliário, Estrutura Residencial Para Idosos e Centro de Convívio das 20 instituições participantes: Cediara (Albergaria-a-Velha), Centro Social de Febres (Cantanhede), Solar das Camélias (Albergaria-a-Velha), Centro Social Paroquial de Angeja (Albergaria-a-Velha), APCDI – Associação Pró Cidadão Deficiente Integrado (Sever de Vouga), Hotel Sénior das Romanas (Pedras Salgadas), Casa de São Caetano (Vila Nova de Gaia), Obra da Providência (Ílhavo), Fundação Joaquim dos Santos (Viseu), Centro Social e Paroquial de Cepelos (Vale de Cambra), Centro Social Paroquial de São Tomé de Canelas (Estarreja), Centro Social de Agadão (Águeda), Associação de Solidariedade Social da Freguesia de Silvares (Fundão), Fundação Padre Manuel Pereira Pinho e Irmã (Ovar), Centro Social, Cultural e Recreativo da Carregosa (Oliveira de Azeméis), Centro Social Paroquial de Rio Tinto (Gondomar), Fundação ADFP (Miranda do Corvo), Probranca (Albergaria-a-Velha), Centro Social de Azurva (Aveiro) e Centro Social de Famalicão (Nazaré).

Pedro Vasco Oliveira (texto e fotos)

 

Data de introdução: 2016-06-13



















editorial

O TRIÂNGULO DA COOPERAÇÃO

A consciência social, aliada ao dever ético da solidariedade, representa uma instância suprema de cidadania, um compromisso inalienável para com os mais vulneráveis e em situação de marginalidade, exclusão e pobreza.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

A Política Melhor (II)
Na continuação dos assuntos abordados no meu texto anterior, reitero que vale a pena, aos dirigentes das IPSS, independentemente das suas convicções ideológicas ou...

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A guerra na Ucrânia e as consequências para a Europa
A guerra na Ucrânia é, sem dúvida, o maior desafio que se coloca à União Europeia desde a sua fundação. É a primeira vez, desde a última grande...