ANGARIAÇÃO DE FUNDOS CNIS/APM

Campanha para compra de EPI para as IPSS rende 75 mil euros

Rendeu quase 75 mil euros a campanha de angariação de fundos que CNIS (Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade) e a APM-RedeMut (Associação Portuguesa de Mutualidades) levaram a cabo, com o objetivo de adquirir Equipamentos de Proteção Individual - EPI para doar às Entidades de Economia Social.
O saldo final totaliza 74.667,00€ e vai permitir fazer uma considerável encomenda de máscaras cirúrgicas, luvas, aventais descartáveis, garrafões de 5l de álcool gel, fatos impermeáveis, batas impermeáveis, encomenda que que será dividida em partes iguais pelas associações mutualistas da APM e pelas IPSS da CNIS.

A campanha, através de donativos para a conta solidária PT50 0036 0407 99106 019984 28 destina-se a propiciar EPI’s aqueles que diariamente cuidam de milhares de pessoas: idosas, com deficiência, em situação de sem abrigo, com diversas vulnerabilidades e estão a ficar sem equipamentos que protejam os seus funcionários e utentes. As 5.680 entidades de solidariedade social empregam 340 mil Trabalhadores e acolhem 800 mil Utentes, dos quais 300 mil são idosos.

É este o Sector Social Solidário em Portugal. É esta a realidade das IPSS em Portugal:

A campanha teve início do dia 03 ao dia 09 de abril de 2020, em território nacional, através de depósito direto ou por transferência de donativos na conta bancária constituída especificamente para o efeito, no Banco Montepio (Caixa Económica Montepio Geral).  

 

Data de introdução: 2020-04-15



















editorial

O TRIÂNGULO DA COOPERAÇÃO

A consciência social, aliada ao dever ético da solidariedade, representa uma instância suprema de cidadania, um compromisso inalienável para com os mais vulneráveis e em situação de marginalidade, exclusão e pobreza.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

A Política Melhor (II)
Na continuação dos assuntos abordados no meu texto anterior, reitero que vale a pena, aos dirigentes das IPSS, independentemente das suas convicções ideológicas ou...

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A guerra na Ucrânia e as consequências para a Europa
A guerra na Ucrânia é, sem dúvida, o maior desafio que se coloca à União Europeia desde a sua fundação. É a primeira vez, desde a última grande...