FESTA DA SOLIDARIEDADE 2023

Chama da Solidariedade vai percorrer todo o distrito de Portalegre

A XVI Festa da Solidariedade realiza-se no próximo dia 14 de outubro na cidade de Portalegre, depois de ao longo da semana a Chama da Solidariedade visitar todos os concelhos do distrito do Alto Alentejo.

Assim, de segunda a sexta-feira, a solidariedade social, representada pela Chama, passará por três concelhos por dia, tocando todos os pontos de um dos maiores distritos nacionais, terminando na capital de distrito, onde no sábado se realizará a Festa.

Conheça o programa:

Dia 9/10/2023

10 horas – Sousel – Chegada – Praça do Município

15 horas - Avis – Chegada – Largo do Convento

18 horas – Ponte de Sor – Chegada – Cine Teatro Ponte de Sôr

Dia 10/10/2023

10 horas – Fronteira – Praça do Município

15 horas – Alter do Chão – Chegada Largo Barreto Caldeira

18 horas – Monforte – Chegada – Praça da República

Dia 11/10/2023

10 horas – Elvas – Chegada Praça da República

15 horas – Campo Maior – Chegada – Av. da Liberdade, junto à estatua do Comendador Rui Nabeiro

18 horas – Arronches – Chegada – Praça da República, frente aos paços do Concelho

Dia 12/10/2023

10 horas – Gavião – Chegada Casa do Povo de Gavião

15 horas – Nisa – Chegada Praça do Município

18 horas – Crato – Chegada Praça do Município

Dia 13/10/2023

10 horas – Marvão – Chegada Largo de Santa Maria

15 horas – Castelo de Vide – Chegada Paços do Concelho

18 Horas – Portalegre – Chegada Paços do Concelho

Dia 14/10/2023

14.30 – Festa da Chama Solidária

Chegada da Chama Solidária - Jardim Avenida da Liberdade - Portalegre

 

Data de introdução: 2023-09-25



















editorial

IDENTIDADE E AUTONOMIA DAS IPSS

As IPSS constituem corpos intermédios na organização social, integram a economia social e são autónomas e independentes do Estado por determinação constitucional.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Eleições Europeias são muito importantes
Nas últimas eleições para o Parlamento Europeu foi escandaloso o nível de abstenção. O mesmo tem vindo a acontecer nos passados atos eleitorais europeus

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Habitação duradoura – a resposta que falta aos sem abrigo
As pessoas em situação de sem-abrigo na Europa, em 2023 serão cerca de 900 mil, segundo a estimativa da FEANTSA (Federação Europeia das Associações...