EMPRESA DOA 30 MIL EUROS A VÁRIAS IPSS

Transdev, um exemplo de responsabilidade social

À semelhança do ano passado, a empresa de transporte colectivo de passageiros, Transdev, ofereceu a três instituições particulares de solidariedade social do centro e norte do país 30 mil euros. A quantia será repartida pelas Irmãzinhas dos Pobres, no Porto, pelo Colégio de S. Caetano, em Braga e pela Confraria de Santo António, em Viseu. Desta forma, a empresa cobre a área de intervenção onde desenvolve a sua actividade.

Dominique Gauthier, director ibérico do Grupo Transdev, explica que esta acção enquadra-se na “responsabilidade social da empresa”. “Sou da opinião que as empresas devem tentar ajudar a sociedade na resolução dos problemas. Nesta época natalícia é tradição dar presentes, assim, em vez de darmos presentes aos clientes ou aos colaboradores, optamos por oferecer a quem realmente precisa”, afirma o director. Dominique Gauthier acredita que a “postura de cidadania” das empresas é “muito importante”. “Este tipo de acção entra no conceito de desenvolvimento sustentável, que para além de abranger áreas como o ambiente ou a certificação de qualidade, inclui também a responsabilidade social”, afirma o director da Transdev. O empresário acrescenta ainda que este tipo de acções “deve ser uma forma de estar normal das empresas na sociedade onde se inserem”.

Atendendo a que este donativo já vai em dois anos consecutivos, quisemos saber se será uma prática a repetir nos próximos anos. Apesar de não querer levantar muito o véu das intenções da empresa, o director da Transdev disse que “a ideia de ajudar as instituições parece muito interessante”. “Não sei se para o ano será feito da mesma forma, com uma doação em dinheiro, podemos querer optar por outras formas de participação, como, por exemplo, oferecer um autocarro”, afirma Dominique Gauthier.
A Transdev, de origem francesa, é um dos líderes europeus no transporte colectivo de passageiros em autocarros e metro, com presenças em França, Inglaterra, Itália, Alemanha, Espanha e Portugal (desde 1996), contando também com importantes actividades na Austrália. A empresa é já um dos principais actores do transporte público no nosso país, com subsidiárias para os sectores ferroviário e rodoviário que cobrem essencialmente o norte e centro do país, com destaque para o metro do Porto.

 

Data de introdução: 2006-12-07



















editorial

O TRIÂNGULO DA COOPERAÇÃO

A consciência social, aliada ao dever ético da solidariedade, representa uma instância suprema de cidadania, um compromisso inalienável para com os mais vulneráveis e em situação de marginalidade, exclusão e pobreza.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

A Política Melhor (II)
Na continuação dos assuntos abordados no meu texto anterior, reitero que vale a pena, aos dirigentes das IPSS, independentemente das suas convicções ideológicas ou...

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A guerra na Ucrânia e as consequências para a Europa
A guerra na Ucrânia é, sem dúvida, o maior desafio que se coloca à União Europeia desde a sua fundação. É a primeira vez, desde a última grande...