ORGANIZAÇÃO DA APERCIM

6º Torneio de Natação Adaptada de Mafra

A APERCIM vai organizar, no âmbito do Encontros Inter-Centros 2006/07, o “6º Torneio de Natação Adaptada de Mafra”, com o apoio do Centro Militar de Educação Física e Desporto (CMEFD).

Este Torneio realiza-se no dia 25 de Janeiro de 2007 (quinta-feira), entre as 10:30 e as 13:00 horas, em Mafra, na Piscina do CMEFD.

No final das provas, está previsto um almoço que terá lugar nas instalações da APERCIM.

Os prémios e lembranças para as instituições e nadadores serão distribuídos durante o almoço. Na eventualidade de não ser possível o almoço-convívio nas instalações da APERCIM, os prémios e lembranças serão distribuídos durante o Torneio.

PROGRAMA

10:00 – Chegada e concentração das Instituições / Delegações
10:30 – Abertura da Piscina
10:40 – Aquecimento
10:55 – Reunião de Técnicos
11:00 – Início das provas:
1º - Actividade Adaptada – 25m Ventral (com Flutuadores)
2º - Actividade Adaptada – 25m Dorsal (com Flutuadores)
3º - Natação Pura – 25m Livres
4º - Natação Pura – 25m Bruços
5º - Natação Pura – 25m Costas
6º - Natação Pura – 50m Livres
7º - Natação Pura – 50m Costas
13:00 – Almoço e entrega de prémios (a confirmar)
14:00 – Convívio

REGULAMENTO
- As provas serão realizadas numa piscina de 5 pistas com o comprimento de 25 metros.
- Poderão participar no torneio os utentes que estejam ligados às Instituições participantes. Quer sejam casos de deficiência comprovada ou outros. Sendo a classificação e a ordenação das séries feita de forma conjunta.
- Cada Instituição poderá inscrever um número máximo de 15 nadadores, e 10 acompanhantes, não devendo o somatório de nadadores + acompanhantes ultrapassar as 20 pessoas.
- Só serão aceites as inscrições até ao dia 19 de Janeiro de 2007.
- As provas de Actividade Adaptada (25m Ventral e 25m Dorsal) destinam-se aos indivíduos que não conseguem realizar nenhum dos 4 estilos da Natação Pura. Podem ser utilizados flutuadores para a realização da prova. A organização disponibiliza apenas pranchas, pullboys e rolos, pelo que outros auxiliares de flutuação deverão ser da responsabilidade dos participantes. Cada nadador poderá participar em apenas uma prova de Actividade Adaptada (25 Ventral ou 25 Dorsal).
- As provas de Natação Pura têm como alvo os nadadores que conseguem realizar um (ou mais) estilos de Natação Pura. Não sendo exigido um nível técnico muito elevado. Cada nadador poderá participar em 2 provas.
- Existirão Medalhões (representando o Ouro, a Prata e o Bronze) para os 3 primeiros classificados em cada Prova (após o somatório de todas as séries), existindo a distinção entre Femininos e Masculinos. E medalhas de Participação para os restantes nadadores.
- As séries deverão ter um mínimo de 3 nadadores e um máximo de 5, sendo agrupados de acordo com os seguintes critérios: 1º prova – 2º sexo – 3º tempo de inscrição – 4º idade.
- Só serão realizadas provas onde estejam inscritos pelo menos 2 nadadores, independentemente do sexo. Caso exista apenas um inscrito para uma das provas, este será englobado numa outra prova, de acordo com as suas capacidades.
- Todos os atletas para as provas de Natação Pura deverão ter tempos de inscrição, para que as séries fiquem mais homogéneas. Aos atletas sem tempos de inscrição será atribuído o tempo 99:99.99. Pede-se, no entanto, um esforço de todos os Técnicos, para enviarem os tempos no acto da inscrição (estes tempos podem ser oficiosos).
- Os nadadores poderão realizar a partida dos blocos, do cais ou de dentro da piscina. Sendo considerada a chegada apenas quando for feito o toque na parede oposta.
- Os nadadores deverão apresentar-se na câmara de chamada com uma antecedência de 3 séries. Sentando-se nas cadeiras com uma série de antecedência.
- Dado o baixo grau de exigência técnica, não serão penalizados os nadadores que: toquem acidentalmente no fundo da piscina ou nos separadores, se movimentem antes da partida, realizem imperfeições no estilo e nas viragens.
- Existirá apenas classificação individual.
- A ordem cronológica das provas será a indicada no programa, podendo haver alterações do mesmo. As alterações serão comunicadas na Reunião Técnica, pelo que as desistências deverão ser comunicadas à organização, aquando da chegada das delegações.
- Às 11:00 começarão imperativamentente as Provas de Actividade Adaptada, com os nadadores que estejam presentes nessa altura.
- Os casos omissos neste Regulamento serão resolvidos pelo Director Técnico do Torneio.

As Inscrições deverão ser enviadas, até dia 19 de Janeiro de 2007, para:
APERCIM
A/C Hugo Silva
R. Santa Casa da Misericórdia, n.º 5, 2640-528 MAFRA
Tel. – 261 813 596 // Fax – 261 813 593
E-Mail: desporto@apercim.org.pt

 

Data de introdução: 2007-01-19



















editorial

IMPORTÂNCIA ECONÓMICA E SOCIAL DAS IPSS

Para uma quantificação atualizada da importância social e económica das Instituições Particulares de Solidariedade Social em Portugal a CNIS assegurou o cofinanciamento do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE),...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A sustentabilidade da Segurança Social
Quando se tenta perspetivar o que pode acontecer no futuro aos sistemas de segurança social há variáveis que são mais fáceis de prever, mas também existem outras...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

Só quando for um desígnio nacional será erradicada a pobreza
Nas últimas semanas, a pobreza em Portugal voltou a ser tema de abertura em todos os medias. Esta atenção especial deveu-se a informações preocupantes emanadas de fontes...