DE 7 A 11 DE MARÇO, NO CENTRO DE EXPOSIÇÕES DE SANTARÉM

Expo-Criança 2007

Entre os dias 7 e 11 de Março e, pelo 8º ano consecutivo, o Centro de Exposições de Santarém (CNEMA) acolhe a maior feira do país dedicada à Criança. Para esta edição da Expo Criança, a organização preparou um completo programa de actividades lúdicas e pedagógicas, destinadas aos mais pequenos e a todos aqueles que convivem diariamente com eles.

Ao livro-tema “A Menina do Mar” de Sophia de Mello Breyner Andresen, associa-se o Mar, o Tejo e a Água, sendo estes, elementos incontornáveis da História de Portugal que fazem ligação com as mais diversas culturas, permitindo a descoberta de novos mundos. Tal como na obra da reconhecida autora, o sonho, a imaginação e a fantasia, na Expo Criança, vão cruzar-se com aprendizagens divertidas acerca do mundo real.

Para o Espaço Espectáculo estão reservadas algumas surpresas. São várias as animações e peças de teatro previstas para os vários dias em que decorre o certame. Cenários com muita cor e histórias divertidas, sempre numa vertente didáctica, vão fazer as delícias dos mais pequenos. De destacar “A Menina do Mar”, da produção Lua Cheia – Teatro para Todos, “O Segredo do Rio” de Miguel Sousa Tavares, encenado pelo grupo Fio de Azeite e “Uma Bóia para Três” apresentado pela Triarte. Também os palhaços Pantufa e Ernesto vão estar presentes com muitas e novas aventuras. De referir ainda que “Contos do Mar, da Água e do Tejo”, centrando-se num dos principais temas da Expo Criança 2007, tem igualmente destaque no auditório do CNEMA.

Tal como nos anos anteriores, também esta edição da Expo Criança promove um Ciclo de Conferências e Workshops*. Nos três dias úteis do certame (de 7 a 9), pais, educadores e profissionais do sector reúnem-se com responsáveis de entidades competentes e especialistas da área para debater questões relacionadas com a Criança. Com vista à troca de experiências e aprofundar conhecimentos, vão ser debatidos temas do foro comportamental e educacional dos mais pequenos e apresentados diversos casos práticos.

Paralelamente a todas estas iniciativas, decorre o Salão Profissional de Equipamentos, Produtos e Serviços para a Criança, com mais de 100 expositores. Neste espaço encontram-se as últimas novidades do sector ao nível de mobiliário, material didáctico, alimentação, vestuário, viaturas de crianças e acessórios de segurança. Foram igualmente considerados os artigos de reabilitação, instituições ligadas à criança e empresas de animação, entre outros.

Durante os cinco dias em que decorre a Expo Criança, estão previstos mais de 25 mil visitantes, de todas as idades, num certame que pelas suas características é único no país, ocupando actualmente um espaço com cerca de 13 mil metros quadrados.

* Ciclo de Conferências
“Infância, educação e ciência em diferentes contextos” inicia o Ciclo de Conferências, debatendo temas como “Descobrir a ciência no pré-escolar”, “Programa de formação de professores do 1º ciclo – Ensino experimental das ciências” ou “Oceanário de Lisboa – Programa educativo”.

Segue-se, ainda no dia 7 de Março, “Família: Cooperação com técnicos de intervenção precoce”, em que “Intervenção precoce em Portugal: a importância da cooperação com a família” e “Ajudas técnicas: onde e como?” são as questões a abordar.

O dia seguinte fica assinalado com “O trabalho com crianças e jovens com necessidades emocionais – comunidades terapêuticas”. Esta temática centra-se em “Comunidades terapêuticas de crianças e jovens” e “Comportamentos desviantes – Perturbações emocionais do comportamento e percursos de socialização”.

“Novos saberes, outros olhares, grandes desafios” encerra o programa de Conferências, na sexta-feira. Dividido em três grandes temas, neste dia vão estar em discussão “Prevenir a institucionalização”, “Qualificar a institucionalização” e “Promover a desinstitucionalização”.

Workshops
No dia 7, o primeiro workshop intitula-se “Relação escola e família: uma necessidade de parceria”. Esta temática vai estar dividida em dois momentos, centrando-se em “O ponto de vista da escola… O que fazer?” e “O ponto de vista da família… Como? Porquê?”. O dia fica ainda assinalado com “Técnicas de comédia e improvisos”.

Na quinta-feira, a abordagem será feita tendo como ponto de partida “O trabalho com crianças e jovens com necessidades emocionais – comunidades terapêuticas”.

No dia seguinte “Interculturalidade na escola: ponto de encontro(s) e diferenças” marca o último workshop a realizar na edição de 2007, da Expo Criança.

Horários:
4ª a 6ª feira - 9.30 - 18.00
Fim-de-semana - 10.00 - 20.00

Preço dos bilhetes:
adulto - 3,5 euros
criança em contexto familiar - 2 euros
criança em contexto escolar - 1 euro
entrada gratuita a pré-mamãs

Para mais informações visite: www.cnema.pt

Lisboa, 15 de Janeiro de 2007

Para mais informações, por favor contactar:
Raquel Pelica (Grupo GCI)
t +351 21 355 30 35
f +351 21 354 24 24

Ana Gonzaga (Grupo GCI)
t +351 21 358 30 92
tlm +351 93 721 38 79

Conferências e Workshops

Programa de animação

 

Data de introdução: 2007-01-28



















editorial

IMPORTÂNCIA ECONÓMICA E SOCIAL DAS IPSS

Para uma quantificação atualizada da importância social e económica das Instituições Particulares de Solidariedade Social em Portugal a CNIS assegurou o cofinanciamento do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE),...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A sustentabilidade da Segurança Social
Quando se tenta perspetivar o que pode acontecer no futuro aos sistemas de segurança social há variáveis que são mais fáceis de prever, mas também existem outras...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

Só quando for um desígnio nacional será erradicada a pobreza
Nas últimas semanas, a pobreza em Portugal voltou a ser tema de abertura em todos os medias. Esta atenção especial deveu-se a informações preocupantes emanadas de fontes...