CAMPANHA DE NATAL DA CARITAS

Dez Milhões de Estrelas, um gesto pela Paz

A proposta é esta: acender uma vela e pô-la à janela na noite de Natal, para que a luz ilumine a paz. A operação “10 Milhões de Estrelas – Um gesto pela Paz” promovida pela Caritas Portuguesa, em parceria com todas as Caritas Diocesanas do país, vai já na sua quinta edição e decorre até à véspera de Natal.
O objectivo é “sensibilizar a população portuguesa para os valores da solidariedade, da justiça e da fraternidade que se materializam na paz, ultrapassando a dimensão materialista que cada vez mais caracteriza o Natal”, explica Elmano Barbosa, membro da comissão organizadora.

A operação procura motivar cada cidadão para a aquisição de uma vela, que custa apenas um euro que, quando acesa, simboliza a adesão de toda a população portuguesa à causa da Paz. Vão também ocorrer manifestações de natureza espiritual, cultural, artística e desportiva, que culminam com uma concentração num local emblemático de cada localidade, onde as pessoas acenderão velas num gesto simbólico de apelo à Paz. Estas velas serão utilizadas novamente na Noite de Natal (24 de Dezembro), desta vez para iluminar as janelas das casas, de modo a serem vistas da rua, simbolizando a adesão das famílias portuguesas aos valores propostos pela campanha. “A vela é apenas um sinal e um instrumento que facilita a partilha de bens com os mais pobres, porque enquanto persistirem tantas e tão graves desigualdades não haverá paz na terra mesmo para «os homens de boa vontade»”, indica a Caritas no panfleto de divulgação.

Maria Cavaco Silva, a jornalista Clara de Sousa e a atleta Vanessa Fernandes, são os rostos da campanha de promoção deste ano. “Todos os anos envolvemos figuras públicas para dar maior visibilidade à campanha”, explica Elmano Barbosa, referindo que D. José Alves, bispo de Portalegre e de Castelo Branco é também um dos grandes promotores da iniciativa. Para ajudar a divulgação todas as equipas de futebol da Primeira Liga e da Liga de Honra vão entrar em campo com um motivo alusivo à campanha na jornada do fim-de-semana de 15 e 16 de Dezembro.

Segundo a explicação de Elmano Barbosa, a iniciativa nasceu com a operação “velas”, lançada em 1984, na França. Em 2002, “Dez Milhões de Estrelas” atinge uma dimensão europeia, quando a 20 de Dezembro cerca de 200 Caritas Diocesanas têm acções conjuntas de iluminação de diversos espaços. Em 2004 a Caritas de Portalegre - Castelo Branco lança o desafio que foi coroado de sucesso.
Este ano, o produto da venda das velas será aplicado em projectos nacionais e internacionais de apoio a mulheres em situação de risco. Das verbas recolhidas pela campanha, 30 por cento ficarão para a Caritas Portuguesa e destinam-se a apoiar mulheres em situação de risco em Cabinda, Angola. Os restantes 70 por cento serão distribuídos por cada uma das Caritas Diocesanas para serem canalizados no apoio projectos nacionais no âmbito desta temática.

Um número verde está à disposição de qualquer pessoa para esclarecimentos, 800 26 26 26, além de um sítio na Internet desenvolvido para o efeito, www.caritas.pt/estrelas, e onde podem ser encontradas as datas de todas as iniciativas públicas promovidas nas diferentes cidades portuguesas.

05.12.2007

 

Data de introdução: 2007-12-01



















editorial

NO CINQUENTENÁRIO DO 25 DE ABRIL

(...) Saudar Abril é reconhecer que há caminho a percorrer e seguir em frente: Um primeiro contributo será o da valorização da política e de quanto o serviço público dignifica o exercício da política e o...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Liberdade e Democracia
Dentro de breves dias celebraremos os 50 anos do 25 de Abril. Muitas serão as opiniões sobre a importância desta efeméride. Uns considerarão que nenhum benefício...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Novo governo: boas e más notícias para a economia social
O Governo que acaba de tomar posse tem a sua investidura garantida pela promessa do PS de não apresentar nem viabilizar qualquer moção de rejeição do seu programa.