OLIVEIRA DO DOURO, VILA NOVA DE GAIA

Vereda D. Ximenes Belo dá acesso a novo Lar e Creche

Prémio Nobel da Paz, Bispo Emérito de Dili, em Timor Lorosae, D. Ximenes Belo tem agora uma artéria na cidade de Vila Nova de Gaia com o seu nome, mais concretamente na freguesia de Oliveira do Douro e é precisamente a que dá acesso ao novo Lar e Creche Quinta dos Avós, que este fim-de-semana foi inaugurado pelo secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social, Agostinho Branquinho.
A obra teve um investimento que ultrapassa os 1,6 milhões de euros e teve financiamento no âmbito do PARES 2, sendo da responsabilidade da Junta de Freguesia e da Associação Oliveirense de Socorros Mútuos, entre outras, e foi lançada, em Setembro de 2008, pelo actual presidente da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, ainda como líder da freguesia de Oliveira do Douro.
D. Ximenes Belo vive actualmente entre os Salesianos em Portugal e foi com sincera humildade que descerrou a placa que perpetua o seu nome na toponímia gaiense.
A Vereda D. Ximenes Belo dá acesso ao novo equipamento social, com respostas para a Terceira Idade e a Infância. Para seniores, a ERI (Estrutura Residencial para Idosos) disponibiliza 30 quartos, num total de 40 vagas, uma vez que 10 dos quatros são duplos. Já para os mais novos, a creche está preparada para acolher 66 bebés dos quatro aos três anos, distribuídos por seis salas.
O secretário de Estado recordou as suas raízes de Gaia, lembrando tempos em que a situação social era bem mais difícil, ao mesmo tempo que elogiou o esforço feito por todos os envolvidos na edificação do novo equipamento social, que todos os oradores sublinharam ser bastante necessário para aquela freguesia gaiense.

 

Data de introdução: 2014-01-26



















editorial

IDENTIDADE E AUTONOMIA DAS IPSS

As IPSS constituem corpos intermédios na organização social, integram a economia social e são autónomas e independentes do Estado por determinação constitucional.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Eleições Europeias são muito importantes
Nas últimas eleições para o Parlamento Europeu foi escandaloso o nível de abstenção. O mesmo tem vindo a acontecer nos passados atos eleitorais europeus

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Habitação duradoura – a resposta que falta aos sem abrigo
As pessoas em situação de sem-abrigo na Europa, em 2023 serão cerca de 900 mil, segundo a estimativa da FEANTSA (Federação Europeia das Associações...