SAÚDE

Hospitais SA com resultados negativos

Onze dos 31 hospitais SA tiveram um saldo negativo em 2004, sendo que no segundo ano de actividade destas unidades o défice total será de cerca de 80 milhões de euros, avança o Diário de Notícias.

De acordo com o presidente da Unidade de Missão, Luís Pedroso Lima, citado pelo Diário de Notícias (DN), os hospitais de Leiria e Santarém foram os que registaram melhores resultados, ao contrário do que aconteceu com o de Setúbal, que obteve o pior saldo.

Numa altura em que está quase concluída a contabilidade final dos hospitais SA, Pedroso Lima adiantou que entre as unidades com resultados positivos estão os hospitais de Santo António, no Porto, IPO de Coimbra, IPO de Lisboa, Garcia de Orta, em Almada, Barreiro, Santa Marta e Santarém.

Apesar de 20 hospitais-empresas continuarem a ter contas negativas, Luís Pedroso Lima rejeita que se trate de um falhanço no funcionamento das unidades com este modelo de gestão, criadas pelo ministro Luís Filipe Pereira com o objectivo de aumentar a eficiência no Serviço Nacional de Saúde (SNS). 

Ver notícia no DN

 

Data de introdução: 2005-03-02



















editorial

O COMPROMISSO DE COOPERAÇÃO: SAÚDE

De acordo com o previsto no Compromisso de Cooperação para o Setor Social e Solidário, o Ministério da Saúde “garante que os profissionais de saúde dos agrupamentos de centros de saúde asseguram a...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Imigração e desenvolvimento
As migrações não são um fenómeno novo na história global, assim como na do nosso país, desde os seus primórdios. Nem sequer se trata de uma realidade...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Portugal está sem Estratégia para a Integração da Comunidade Cigana
No mês de junho Portugal foi visitado por uma delegação da Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância do Conselho da Europa, que se debruçou, sobre a...