Portugueses pagam três vezes mais impostos

Os contribuintes portugueses passaram a pagar três vezes mais impostos em apenas três décadas, sendo que o Estado arrecada cerca de um terço do Produto Interno Bruto (PIB), avança o Notícias Portugalmail.

Estes dados são avançados pelo estudo do Gabinete de História Económica e Social do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), «Os Impostos no Parlamento Português – Sistemas e Doutrinas Fiscais nos séculos XIX e XX», que foi pedido pelo Parlamento português.

De acordo com o responsável pelo estudo, Nuno Valério, há 150 anos que os impostos não param de aumentar, uma tendência que no entanto se «acelerou» nos últimos anos.

De acordo com este trabalho, a receita fiscal da administração central representava, em 1850, cerca de 3% do PIB, sendo que mais de meio século depois, nas vésperas da I Guerra Mundial, esse valor já estava nos 5%.

Com a queda do Estado Novo, a 25 de Abril de 1974, a administração central absorvia 10% do PIB, para dez anos mais tarde, passar a 15%.

Na década de 90 o valor já ascendia a 1/5 do PIB, e hoje chegámos aos 25%.

 

Data de introdução: 2005-06-14



















editorial

O COMPROMISSO DE COOPERAÇÃO: SAÚDE

De acordo com o previsto no Compromisso de Cooperação para o Setor Social e Solidário, o Ministério da Saúde “garante que os profissionais de saúde dos agrupamentos de centros de saúde asseguram a...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Imigração e desenvolvimento
As migrações não são um fenómeno novo na história global, assim como na do nosso país, desde os seus primórdios. Nem sequer se trata de uma realidade...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Portugal está sem Estratégia para a Integração da Comunidade Cigana
No mês de junho Portugal foi visitado por uma delegação da Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância do Conselho da Europa, que se debruçou, sobre a...