INSTITUIÇÕES DEVEM SEGUIR RECOMENDAÇÕES DA DGS

CNIS alerta associadas para o crescente número de infeções das vias respiratórias

Desde o início do mês de junho tem-se registado um aumento significativo de pessoas com infeção aguda das vias respiratórias, seja por gripe, por Covid-19 ou outras, pelo que a CNIS sensibiliza todas as suas associadas a estarem atentas aos sintomas dos seus utentes e a adotarem medidas genéricas de prevenção da transmissão.

A CNIS recorda “a importância da manutenção do cumprimento das Recomendações para as IPSS” e divulga as informações e orientações úteis a seguir, publicadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nomeadamente sobre vacinação, medidas de higiene e etiqueta respiratória, medidas de proteção em contexto de risco de exposição, como sejam aglomerados populacionais ou contacto próximo com pessoas com infeção respiratória e em caso de haver sintomas de infeções respiratórias.

O documento «Pessoas com sintomas de infeção aguda das vias respiratórias – 2022-23», aplicável às pessoas que têm sintomas de infeção respiratória ou teste positivo para a Covid-19, sublinha um conjunto de medidas de precaução para com outras pessoas, em particular as pessoas mais vulneráveis. Estas recomendações abrangem adultos e crianças com Covid-19 e outras infeções, ou que tenham sido contactos próximos de outras pessoas doentes, procurando contribuir para facilitar a navegação no sistema de saúde e prevenir a transmissão de infeção.

Informações adicionais podem ser consultadas no website institucional da DGS e eventuais orientações que venham a ser publicadas por esta entidade dirigidas às IPSS serão divulgadas no website da CNIS.

 

Data de introdução: 2024-06-18



















editorial

O COMPROMISSO DE COOPERAÇÃO: SAÚDE

De acordo com o previsto no Compromisso de Cooperação para o Setor Social e Solidário, o Ministério da Saúde “garante que os profissionais de saúde dos agrupamentos de centros de saúde asseguram a...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Imigração e desenvolvimento
As migrações não são um fenómeno novo na história global, assim como na do nosso país, desde os seus primórdios. Nem sequer se trata de uma realidade...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Portugal está sem Estratégia para a Integração da Comunidade Cigana
No mês de junho Portugal foi visitado por uma delegação da Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância do Conselho da Europa, que se debruçou, sobre a...