RENDIMENTO SOCIAL DE INSERÇÃO

CRIA acompanha famílias do Concelho de Abrantes

O Centro de Recuperação Infantil de Abrantes é a actual entidade responsável pelo desenvolvimento das acções de acompanhamento do Rendimento Social de Inserção para o concelho de Abrantes. São sessenta agregados familiares de todo o concelho, numa fase inicial com maior incidência na zona sul, que irão contar com o apoio técnico e acompanhamento de uma equipa multidisciplinar, tendo como objectivo a progressiva autonomia destas famílias.
Para a concretização deste projecto de intervenção social o Centro de Recuperação Infantil de Abrantes e o Centro Distrital de Segurança Social assinaram recentemente o protocolo que formaliza esta parceria, por um período de dois anos. 

As famílias beneficiárias do Rendimento Social de Inserção foram sinalizadas pelos serviços da Segurança Social, cabendo agora à equipa de técnicos do CRIA a reavaliação de todos os processos, efectuar visitas domiciliárias, elaborar o programa de inserção para cada uma destas famílias e fazer um acompanhamento de proximidade de todo o processo de inserção.
Para o efeito, a Instituição conta com uma equipa multidisciplinar de técnicos, constituída por uma técnica de serviço social, educadora social, psicólogo clínico, gestora e assistente administrativa. O Centro Distrital de Segurança Social prestará apoio técnico e financeiro à Instituição para o desenvolvimento das acções de acompanhamento. 

Elaborar o relatório social, negociar e elaborar o programa de inserção, acompanhar e avaliar a integração social e profissional das famílias beneficiárias do Rendimento de Inserção Social é a aposta deste grupo de trabalho que, semestralmente, terá que apresentar ao Núcleo Local de Inserção relatórios de progresso de cada agregado familiar. 

Por seu lado, o Centro Distrital Segurança Social fará, em articulação com o Núcleo Local de Inserção, a avaliação semestral da acção do CRIA tendo em conta a progressiva autonomia dos beneficiários. 

Às famílias é exigido que cumpram plano de inserção que for traçado de acordo com a sua situação e a sua participação activa em todo o processo, contando sempre com o necessário apoio especializado, nomeadamente na melhoria dos níveis de auto-estima, auto-confiança e de responsabilização familiar, social e profissional. 

O Centro de Recuperação Infantil de Abrantes assume, com esta parceria, um novo projecto de apoio à comunidade na área da intervenção social.

 

Data de introdução: 2005-11-17



















editorial

O COMPROMISSO DE COOPERAÇÃO: SAÚDE

De acordo com o previsto no Compromisso de Cooperação para o Setor Social e Solidário, o Ministério da Saúde “garante que os profissionais de saúde dos agrupamentos de centros de saúde asseguram a...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Imigração e desenvolvimento
As migrações não são um fenómeno novo na história global, assim como na do nosso país, desde os seus primórdios. Nem sequer se trata de uma realidade...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Portugal está sem Estratégia para a Integração da Comunidade Cigana
No mês de junho Portugal foi visitado por uma delegação da Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância do Conselho da Europa, que se debruçou, sobre a...