COMISSÃO DE APOIO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO DE SANTA CATARINA

Abertura do Lar Residencial

A Comissão de Apoio Social e Desenvolvimento de Santa Catarina (CASDSC) é uma Instituição Particular de Solidariedade Social que, embora jovem, soube crescer e responder de forma veemente ás necessidades da sua comunidade e daquelas que a rodeiam. Combinando iniciativa, coragem em assumir riscos sem apoios estatais e dando respostas eficazes a problemas reais, conseguiu solidificar a sua presença prestando serviços de qualidade na área social. 

Como Visão e Objectivos a CASD Santa Catarina quer dotar a sua comunidade de instrumentos sociais que permitam ás pessoas um projecto de vida sustentável tanto na freguesia de Santa Catarina como nas freguesias limítrofes através de protocolos com as Instituições aí presentes. Quer ainda dar resposta ás necessidades das populações infantis, idosas e deficientes ambicionando ser uma referência regional na área da multi-deficiência de jovens e adultos. Pretende fazê-lo através da valorização dos membros da comunidade e das suas organizações criando assim uma rede que permita a fixação das pessoas, rentabilidade dos negócios e aproveitamento dos recursos existentes, isto é, pretende promover um projecto onde o desenvolvimento económico se alie ao desenvolvimento social e humano. 

Sendo o lema da sua acção a consciencialização do acervo de necessidades e problemas da população que arremessam certos grupos sociais mais vulneráveis para a margem da cidadania, a CASD Santa Catarina sentiu a necessidade de criar respostas integradas e activas capazes de contrariar a causalidade deste fenómeno. 

Assim, no dia 19 de Dezembro de 2005, sem receber qualquer apoio estatal, arrancou com mais uma Valência para apoiar a população com deficiência – um Lar Residencial que é uma resposta social de alojamento, com internamento definitivo, para jovens e adultos com deficiência mental e multi-deficiência de grau severo, severo/moderado e moderado/ligeiro que se encontram impedidos temporária ou definitivamente de residir no seu meio familiar. 

O Lar Residencial conta com 14 camas distribuídas por 6 quartos, Refeitório, Sala de Convívio, e todas as instalações de apoio adaptadas para este tipo de população. Conta ainda com uma inovadora Sala de Banho Assistido para apoiar pessoas dependentes. 

Deve ser um orgulho para a comunidade Vaguense que infra-estruturas desta qualidade sejam construídas no concelho e que este trabalho desenvolvido pela CASD Santa Catarina seja reconhecido e apreciado tanto pelos cidadãos da comunidade como pelas restantes instituições com respostas sociais na área da deficiência, já que só a conjugação de esforços nos pode conduzir ao efectivo Desenvolvimento Social das comunidades.

 

Data de introdução: 2006-02-09



















editorial

IMPORTÂNCIA ECONÓMICA E SOCIAL DAS IPSS

Para uma quantificação atualizada da importância social e económica das Instituições Particulares de Solidariedade Social em Portugal a CNIS assegurou o cofinanciamento do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE),...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A sustentabilidade da Segurança Social
Quando se tenta perspetivar o que pode acontecer no futuro aos sistemas de segurança social há variáveis que são mais fáceis de prever, mas também existem outras...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

Só quando for um desígnio nacional será erradicada a pobreza
Nas últimas semanas, a pobreza em Portugal voltou a ser tema de abertura em todos os medias. Esta atenção especial deveu-se a informações preocupantes emanadas de fontes...