ARTES PLÁSTICAS NA BIBLIOTECA DE ABRANTES

CRIA expõe Casas e retrata emoções

Entre 5 e 19 do próximo mês de Novembro, vai estar patente ao público na Biblioteca Municipal António Botto, em Abrantes, a Exposição de Artes-plásticas “Casas”, da autoria dos alunos do Centro de Recuperação Infantil de Abrantes, numa parceria entre esta Instituição e a referida Biblioteca.

Esta exposição – venda poderá ser visitada nos dias úteis, entre as 9 horas e as 19h30m. A reserva de quadros para aquisição poderá ser efectuada no serviço de atendimento da Biblioteca António Botto.

“Casas” é o tema. Muitas e de diferentes formas e cores são as casas que ganharam forma nas telas através das memórias dos artistas, do pincel e das mãos de um grupo de utentes do Centro de Actividades Ocupacionais do CRIA. Durante quase um ano e meio, na sala de expressão plástica, o grupo deu largas à sensibilidade e às emoções.

O tema "casas" foi sugerido pelo grupo de artistas que deram cor e vida a um conjunto de telas, que com muita originalidade e espontaneidade retrataram a forma como vêem a sua própria habitação e a dos outros que os rodeiam, integradas no tecido urbano ou em meio rural.
As obras apresentam as cores e a harmonia características da visão e do sentir dos autores, todos jovens com deficiência.
São telas únicas que retratam emoções e que nesta Exposição poderão ser adquiridas pelos visitantes.

Os artistas plásticos que integram esta exposição colectiva são: Dora Marcelino, Elizabete Cordeiro, Marta Pinto, Madalena Ramos, Nuno Dias, Nuno Heitor, Ricardo Pereira e Victor Hugo.
A arte como terapia é uma ferramenta de aprendizagem e de inclusão social e cultural.

2007 é o Ano Europeu da Igualdade de Oportunidade Todos e esta exposição de pintura constitui um desafio aos visitantes e uma oportunidade concretizar o direito à igualdade.

 

Data de introdução: 2007-10-25



















editorial

IMPORTÂNCIA ECONÓMICA E SOCIAL DAS IPSS

Para uma quantificação atualizada da importância social e económica das Instituições Particulares de Solidariedade Social em Portugal a CNIS assegurou o cofinanciamento do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE),...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A sustentabilidade da Segurança Social
Quando se tenta perspetivar o que pode acontecer no futuro aos sistemas de segurança social há variáveis que são mais fáceis de prever, mas também existem outras...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

Só quando for um desígnio nacional será erradicada a pobreza
Nas últimas semanas, a pobreza em Portugal voltou a ser tema de abertura em todos os medias. Esta atenção especial deveu-se a informações preocupantes emanadas de fontes...