CRIANÇAS E JOVENS

Presidente da CPCJ visita Viana do Castelo, Braga e Porto

O presidente da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens visitou os distritos de Viana do Castelo, Braga e Porto para melhor conhecer os problemas locais e identificar soluções propostas pelas comissões locais e representantes das instituições.

Nas instalações do Governo Civil de Viana do Castelo, no dia 18 de Fevereiro, com a participação da CNIS representada por Manuel Domingos Silva, presidente da UDIPSS-Viana do Castelo, decorreu uma reunião da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens do respectivo distrito com a participação de Armando Leandro, Presidente da Comissão Nacional, e da Secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação. No encontro, foram abordados temas como: relacionamento com os meios de comunicação social para divulgação de boas práticas, integração das crianças em famílias de acolhimento, necessidade de se fazer um trabalho junto das IPSS no sentido destas mudarem a sua cultura e política interna e de responderem mais efectivamente à problemática da criança em risco/perigo, os protocolos com o RSI, as Redes Sociais como espaços por excelência para a partilha de informação sobre projectos...

No mesmo dia, nas instalações do Governo Civil de Braga, também com a participação da CNIS, representada por Manuel Antunes Lomba, presidente da UDIPSS-Braga, decorreu outra reunião. Neste encontro participaram representantes das 19 comissões existentes no distrito de Braga e, para além dos temas tratados no encontro de Viana do Castelo, também foi referido ser desejável que as associações de crianças e jovens estejam presentes nas comissões locais de protecção de crianças e jovens.

No dia seguinte, nas instalações do Governo Civil do Porto, com a participação da CNIS, representada por Artur Borges, presidente da UDIPSS-Porto, decorreu mais uma reunião da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens do respectivo distrito com a participação dos mesmo representantes governamentais. Para além de temas já abordados nos encontros de Braga e Viana do Castelo, foi referido que o abandono escolar continua a ser uma das problemáticas mais identificadas pelas comissões de protecção.

 

Data de introdução: 2008-03-06



















editorial

NO CINQUENTENÁRIO DO 25 DE ABRIL

(...) Saudar Abril é reconhecer que há caminho a percorrer e seguir em frente: Um primeiro contributo será o da valorização da política e de quanto o serviço público dignifica o exercício da política e o...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Liberdade e Democracia
Dentro de breves dias celebraremos os 50 anos do 25 de Abril. Muitas serão as opiniões sobre a importância desta efeméride. Uns considerarão que nenhum benefício...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Novo governo: boas e más notícias para a economia social
O Governo que acaba de tomar posse tem a sua investidura garantida pela promessa do PS de não apresentar nem viabilizar qualquer moção de rejeição do seu programa.