CHAMA DA SOLIDARIEDADE

Nove dias em festa de Lisboa até Barcelos

A Chama da Solidariedade é uma iniciativa da CNIS, Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, que tem como objectivo, através das UDIPS nela filiadas, o envolvimento das Instituições, dos seus utentes, dos seus colaboradores e da população em geral, na promoção da Festa da Solidariedade.
A Festa da Solidariedade é um evento de âmbito Nacional, que promove o encontro de todos quantos se dedicam à Solidariedade.

Realizada em Setembro de 2007 em Lisboa, a realizar em Barcelos em Setembro de 2008, cabe à Chama da Solidariedade percorrer o caminho entre estas duas Cidades, atravessando os Distritos de Lisboa, Santarém, Leiria, Coimbra, Aveiro, Porto e Braga, envolvendo todos os que num gesto solidário quiserem transportar a Chama que durante 9 dias representará o empenhamento Solidário do povo Português.

As reuniões de preparação têm-se multiplicado havendo já ar decisão de se fazer um cartaz específico para cada distrito e um hino da solidariedade. Vão sendo conhecidas algumas das iniciativas organizadas por comissões de IPSS responsáveis pela dinamização da sua parcela do percurso.
Em Braga a equipa distrital encarregada de dinamizar a “Chama da Solidariedade” na passagem pelos concelhos do distrito, constituída por representantes dos concelhos de Vila Nova de Famalicão, Braga e Barcelos, ajustou o percurso da “Chama” entre Famalicão e Braga, onde ser realizará uma Festa nocturna, com duas partes: a 1.ª dedicada às crianças e a 2.ª dedicada mais aos adultos, onde intervirão diversas IPSS do Concelho de Braga e outros concelhos.

Em Vila Nova de Famalicão, a equipa concelhia constituída pela Associação dos Moradores de Lameiras, Associação Engenho, Centro Social e Paroquial de Avidos e da Câmara Municipal (adjunto do Presidente para a área social), definiu o percurso da “Chama” e foram iniciados os contactos com o respectivo Vereador da Educação no sentido de cativar todos os agrupamentos escolares do concelho para esta causa. Decidiu-se ainda contactar as paróquias, escuteiros, motards e a escola profissional CIOR, para manter animação durante todo o percurso com um carro alegórico.
A Chama da Solidariedade iniciará o seu percurso a 19 de Setembro em Lisboa e terminará em Barcelos no dia 27 de Setembro atravessando os seguintes Concelhos.

Lisboa
Lisboa, Loures, Vila Franca de Xira, Alenquer e Azambuja

Santarém
Cartaxo, Santarém, Torres Novas e Ourém

Leiria
Batalha, Leiria e Pombal

Coimbra
Figueira da Foz e Mira

Aveiro
Mealhada, Anadia, Águeda, Albergaria-a-Velha, Oliveira de Azemeis, São João da Madeira e Santa Maria da Feira

Porto
Vila Nova de Gaia, Porto, Matosinhos, Maia, Valongo e Santo Tirso

Braga
Famalicão, Braga e Barcelos

 

Data de introdução: 2008-08-05



















editorial

IMPORTÂNCIA ECONÓMICA E SOCIAL DAS IPSS

Para uma quantificação atualizada da importância social e económica das Instituições Particulares de Solidariedade Social em Portugal a CNIS assegurou o cofinanciamento do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE),...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A sustentabilidade da Segurança Social
Quando se tenta perspetivar o que pode acontecer no futuro aos sistemas de segurança social há variáveis que são mais fáceis de prever, mas também existem outras...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

Só quando for um desígnio nacional será erradicada a pobreza
Nas últimas semanas, a pobreza em Portugal voltou a ser tema de abertura em todos os medias. Esta atenção especial deveu-se a informações preocupantes emanadas de fontes...