LIVRO

UIPSS/CNIS - 30 anos ao serviço da solidariedade

A Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade editou o livro "UIPSS/CNIS – 30 anos ao serviço da Solidariedade" para comemorar as três décadas de vida associativa. É uma publicação que retrata as relações com os poderes públicos, recorda as lideranças, sedimenta o pensamento e acção, elabora algumas perspectivas sociais e detalha as instituições que estão inscritas actualmente na CNIS.

Nas palavras introdutórias do presidente da CNIS, o livro recupera uma memória de trinta anos de "militância anónima levada a cabo por um exército de voluntários da sociedade civil que lutou firmemente contra a injustiça, a desigualdade, o abandono, a descriminação, a marginalização, a doença, a velhice, a pobreza. Que lutou pela solidariedade."

Lino Maia acrescenta ainda que a publicação "UIPSS/CNIS – 30 anos ao serviço da Solidariedade" pretende evocar "a visão dos Homens que há 30 anos souberam congregar as vontades generosas e voluntárias que frutificavam no país sob a forma de IPSS. E pretende também comemorar a preservação desse fermento social que fez crescer o número de IPSS; a capacidade de adaptação das instituições à mudança dos tempos e dos problemas; e a versatilidade e dedicação dos dirigentes voluntários incansáveis na busca de respostas e soluções."

O livro foi redigido pelos jornalistas Victor Pinto e Pedro Vasco Oliveira que recorreram, em grande medida, às recordações dos protagonistas envolvidos no processo de construção da União e da Confederação.
O livro "UIPSS/CNIS – 30 anos ao serviço da Solidariedade" foi oferecido aos participantes no Congresso "Rumo Solidário para Portugal", que decorreu nos dias 20 e 21 de Maio, no CNEMA, em Santarém.

 

Data de introdução: 2011-06-04



















editorial

IMPORTÂNCIA ECONÓMICA E SOCIAL DAS IPSS

Para uma quantificação atualizada da importância social e económica das Instituições Particulares de Solidariedade Social em Portugal a CNIS assegurou o cofinanciamento do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE),...

Não há inqueritos válidos.

opinião

JOSÉ A. SILVA PENEDA

A sustentabilidade da Segurança Social
Quando se tenta perspetivar o que pode acontecer no futuro aos sistemas de segurança social há variáveis que são mais fáceis de prever, mas também existem outras...

opinião

EUGÉNIO FONSECA, PRES. CONF. PORTUGUESA DO VOLUNTARIADO

Só quando for um desígnio nacional será erradicada a pobreza
Nas últimas semanas, a pobreza em Portugal voltou a ser tema de abertura em todos os medias. Esta atenção especial deveu-se a informações preocupantes emanadas de fontes...