5 E 6 DE NOVEMBRO

Conferência Nacional - Microcrédito - Uma experiência com futuro

A Conferência Nacional “Microcrédito – Uma Experiência com Futuro”, vai ter lugar em Lisboa, nos dias 5 e 6 de Novembro, no auditório 2 da Fundação Calouste Gulbenkian. 

Organizada pela Associação Nacional de Direito ao Crédito (ANDC), visa envolver os cidadãos, as organizações, o meio académico, o sistema financeiro e as autoridades responsáveis pelas políticas do emprego e da coesão social no estudo e no debate sobre o contributo do microcrédito para o desenvolvimento social e económico. 

Quais os dinamismos da globalização das economias, das culturas e das sociedades e aos rumos das políticas sociais, entre os dispositivos de carácter reparador e as medidas activas de integração social? Qual o lugar das micro-empresas e microcrédito? Qual o estatuto do microcrédito e do micro-empresário e das organizações de microfinanças, a metodologia de selecção e de acompanhamento ou o modelo institucional de relacionamento com a banca e as autoridades públicas, de forma a melhorar o serviço prestado?

Durante a conferência será lançada a plataforma da sociedade civil para celebrar o “Ano Internacional do Microcrédito”, agendado para 2005 pela Assembleia-Geral das Nações Unidas:


Para mais detalhes sobre inscrições e programa:

Associação Nacional de Direito ao Crédito
Rua Castilho, 61-2º Dtº
1250-068 LISBOA
Tel. 21 386 36 99
Fax: 21 386 52 78
E_mail: microcredito@microcredito.com.pt

 

Data de introdução: 2004-11-07



















editorial

As amas em Creche Familiar

Publica-se neste número do “Solidariedade” o texto do acordo com a FSUGT, na parte que contempla também os novos valores de remunerações acordado para vigorar a partir de 1 de janeiro de 2024.

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

A propósito do contributo da CNIS para as próximas eleições
É já tradição que as organizações de diferentes âmbitos, aproveitem os atos eleitorais para fazerem valer as suas reivindicações mais...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Cuidar da democracia
Neste ano vamos a eleições pelo menos duas vezes (três para os açorianos), somos chamados a renovar o nosso laço político com a comunidade, escolhendo...