CONCURSO DE MÁSCARAS E BAILE NA DISCOTECA

Alunos do CRIA festejam Carnaval

Na próxima quarta-feira, dia 2 de Fevereiro, o Carnaval vai ser vivido intensamente pelos alunos do Centro de Recuperação Infantil de Abrantes. 

Durante a manhã, entre as 10h30 e as 12h30, nas instalações do CRIA, decorrerá o Concurso “Fantasias de Carnaval” e que contará com participantes vindos de outros Centros da Região. Em representação do CRIA irão desfilar quatro utentes, um da Formação Profissional, outro do Centro de Actividades Ocupacionais e dois alunos da valência Educacional, responsável pela dinamização da iniciativa. 

No desfile participarão concorrentes do CIRE de Tomar, do CERE do Entroncamento, do CRIAL de Almeirim e do CRIO de Ourém. Cada uma destas Instituições trará quatro representantes, que irão integrar o “Concurso de Fantasias de Carnaval”. O júri, constituído para o efeito, irá distinguir as melhores fantasias e atribuir os respectivos prémios. 

A tarde será de verdadeira folia. Às 14 horas, cerca de uma centena de alunos do Centro de Recuperação Infantil de Abrantes e dos restantes Centros que se associam à festa, irão à Discoteca Jet-Bee, gratuitamente cedida para possibilitar um dia diferente a estes alunos especiais. Para muitos será uma experiência única e inesquecível
A música, a folia, as máscaras, os trajes, a alegria e um pézinho de dança farão as delícias destes alunos, sempre prontos para uma festa bem animada. 

Este dia de Carnaval promovido pelo CRIA, pretende promover o intercâmbio lúdico e o convívio entre alunos de outras Instituições da região, preservar a tradição festiva desta época e estimular a criatividade e a participação de todos os intervenientes. 

Aliás, nas diferentes salas já se prepara com muito entusiasmo e imaginação, mas em segredo para ser surpresa, a confecção dos fatos que irão desfilar para concurso. Paralelamente treinam-se as danças, onde não faltam os ritmos alegres. Mas, essencialmente, vive-se já por antecipação, as emoções de um dia diferente na vida destes alunos especiais.

 

Data de introdução: 2005-02-05



















editorial

O COMPROMISSO DE COOPERAÇÃO: SAÚDE

De acordo com o previsto no Compromisso de Cooperação para o Setor Social e Solidário, o Ministério da Saúde “garante que os profissionais de saúde dos agrupamentos de centros de saúde asseguram a...

Não há inqueritos válidos.

opinião

EUGÉNIO FONSECA

Imigração e desenvolvimento
As migrações não são um fenómeno novo na história global, assim como na do nosso país, desde os seus primórdios. Nem sequer se trata de uma realidade...

opinião

PAULO PEDROSO, SOCIÓLOGO, EX-MINISTRO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE

Portugal está sem Estratégia para a Integração da Comunidade Cigana
No mês de junho Portugal foi visitado por uma delegação da Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância do Conselho da Europa, que se debruçou, sobre a...